Covid-19: Escócia isenta Madeira e Açores de quarentena a partir de sábado

A Escócia vai deixar de obrigar pessoas que cheguem dos arquipélagos da Madeira e dos Açores a cumprir quarentena de 14 dias, mas mantém a medida sobre Portugal continental.

Covid-19: Escócia isenta Madeira e Açores de quarentena a partir de sábado

Covid-19: Escócia isenta Madeira e Açores de quarentena a partir de sábado

A Escócia vai deixar de obrigar pessoas que cheguem dos arquipélagos da Madeira e dos Açores a cumprir quarentena de 14 dias, mas mantém a medida sobre Portugal continental.

Londres, 02 out 2020 (Lusa) – A Escócia vai deixar de obrigar pessoas que cheguem dos arquipélagos da Madeira e dos Açores a cumprir quarentena de 14 dias, mas mantém a medida sobre Portugal continental, anunciaram as autoridades. 

A medida aplica-se a partir das 04:00 de sábado e vem alinhar a Escócia com as outras nações do Reino Unido, nomeadamente Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte, que já tinham diferenciado as ilhas portuguesas do resto do país em termos de restrições de viagem. 

Entretanto, todas as diferentes regiões do Reino Unido decidiram esta semana excluir a Polónia, a Turquia e as ilhas das Antilhas Holandesas de Bonaire, Saint Eustatius and Saba da lista de destinos seguros, pelo que os viajantes que dali chegarem terão de cumprir quarentena a parir de sábado.

Os infratores incorrem em multas que podem ir até 10.000 libras (11.000 euros). 

As autoridades da Escócia tinham decretado a obrigação de quarentena às pessoas que chegassem de Portugal na sua totalidade em 05 de setembro. 

O País de Gales foi a primeira região britânica a diferenciar Madeira e Açores, onde o número de infeções tem sido reduzido, de Portugal Continental, onde tem sido registado um aumento de casos. 

O governo britânico reproduziu este conceito a partir de 12 de setembro, alegando que a informação mais detalhada permitia avaliar ilhas separadamente dos territórios continentais e passou a instituir “corredores de viagem regionais”.

Um dos principais critérios para a exclusão da lista de destinos seguros é quando o país regista mais 20 casos por 100 mil habitantes ao longo de uma semana.

A atualização da lista dos países e territórios com ‘corredores de viagem’ para ao Reino unido, ou seja, isentos de cumprir quarentena à chegada, feita esta semana, deixa aos britânicos apenas seis destinos sem restrições de viagem já que a maioria, incluindo a Madeira e Açores, exigem testes negativos ou um período de confinamento. 

Estes destinos são Itália, Grécia, Suécia, Alemanha, Gibraltar e São Marino. 

Na quinta-feira, o Reino Unido registou 6.914 novas infeções e mais 59 mortes de covid-19 na quarta-feira, pelo que o total acumulado desde o início da pandemia covid-19 é agora de 42.202 óbitos, o número mais alto na Europa e o quinto no mundo, atrás dos Estados Unidos, Brasil, Índia e México.  

BM // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS