Covid-19: Angola regista 240 novos casos e seis mortes nas últimas 24 horas

O Ministério angolano da Saúde anunciou hoje o registo de 240 novas infeções, seis óbitos e 262 recuperados de covid-19, acumulando o país 32.149 casos positivos, 715 mortes e 26.775 recuperações.

Covid-19: Angola regista 240 novos casos e seis mortes nas últimas 24 horas

Covid-19: Angola regista 240 novos casos e seis mortes nas últimas 24 horas

O Ministério angolano da Saúde anunciou hoje o registo de 240 novas infeções, seis óbitos e 262 recuperados de covid-19, acumulando o país 32.149 casos positivos, 715 mortes e 26.775 recuperações.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública, os casos das últimas 24 horas foram reportados nas províncias de Luanda (169), Huambo (28), Cabinda (17), Huíla (10), Zaire (10) e Cuanza Sul (6), com idades entre os 2 e 92 anos, sendo 132 do sexo masculino e 108 do sexo feminino.

Os óbitos registados no período em análise foram registados nas províncias de Luanda e da Huíla, cada uma com três mortes, todos cidadãos nacionais, com idades entre os 34 e 83 anos, enquanto os doentes recuperados, com idades dos 4 aos 78 anos, foram registados maioritariamente em Luanda (216), seguida da Huíla (19), Benguela (10), Namibe (7), Bié (6), Cunene (2), Huambo (1) e Zaire (1).

Com os números divulgados hoje, Angola tem ativos 4.659 casos, dos quais 16 em estado crítico, 49 graves, 174 moderados, 22 leves e 4.398 assintomáticos, estando em internamento 275 doentes, em quarenta institucional 44 pessoas e sob vigilância epidemiológica 2.302 contactos.

Os laboratórios processaram, nas últimas 24 horas, 4.429 amostras por RT-PCR, apontando o cumulativo para 561.086 amostras processadas, com uma taxa de positividade de 5,7%.

No mesmo período, nos pontos de entrada e saída da província de Luanda, capital de Angola, a única das 18 regiões do país sob cerca sanitária, foram testadas, na base de teste de antigénio, 523 pessoas.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.445.582 mortos no mundo, resultantes de mais de 165,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

NME // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS