Costa salienta Presidente da República e Governo em convergência sobre Tancos desde o primeiro dia

Costa salienta Presidente da República e Governo em convergência sobre Tancos desde o primeiro dia

O primeiro-ministro salientou hoje que Governo e Presidente da República estão “em total convergência desde o primeiro dia” sobre o caso de Tancos e criticou quem tem procurado distorcer as suas palavras sobre esta matéria.

“Toda a gente de boa-fé interpretou bem as minhas palavras [na segunda-feira], não dei qualquer conselho ao senhor Presidente da República e, pelo contrário, sublinhei a total convergência que temos tido sobre esta matéria”, declarou António Costa aos jornalistas no final de uma visita a stands de startups portuguesas presentes da Web Summit.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro referiu-se à ansiedade do Presidente da República em relação à conclusão do processo de Tancos, que o Governo tinha de ser mais contido sobre essa matéria, mas que a ansiedade do executivo não era menor – palavras que foram interpretadas por alguns órgãos de comunicação social como uma farpa ao chefe de Estado.

Hoje, perante os jornalistas, o primeiro-ministro rejeitou em absoluto essa interpretação.

“Não vale a pena tentar colocar na minha mente aquilo que não está na minha mente, nem distorcer das minhas palavras o que as minhas palavras não permitem que seja distorcido. Não houve qualquer manifestação de divergência com o Presidente da República. Pelo contrário, repito, o que disse é que há convergência com o Presidente da República”, sustentou António Costa.

PMF // JPS

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Costa salienta Presidente da República e Governo em convergência sobre Tancos desde o primeiro dia

O primeiro-ministro salientou hoje que Governo e Presidente da República estão “em total convergência desde o primeiro dia” sobre o caso de Tancos e criticou quem tem procurado distorcer as suas palavras sobre esta matéria.