Costa recebe carta do Presidente angolano como

Costa recebe carta do Presidente angolano como “sinal das boas relações”

O primeiro-ministro, António Costa, recebeu hoje do ministro das Relações Exteriores de Angola uma carta do Presidente angolano que disse traduzir “um sinal das boas relações”.


Lisboa, 09 jul (Lusa) – O primeiro-ministro, António Costa, recebeu hoje do ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Domingos Augusto, uma carta do Presidente angolano, João Lourenço, que disse traduzir “um sinal das boas relações” entre os dois países.


Manuel Domingos Augusto entregou esta carta a António Costa no início da reunião entre ambos, nas instalações provisórias do primeiro-ministro português, no Terreiro do Paço, em Lisboa.


Aproveitando a presença da comunicação social para a recolha de imagens no início da reunião, o ministro das Reações Exteriores de Angola anunciou que era portador de uma carta do chefe de Estado angolano, João Lourenço, destinada ao primeiro-ministro português.


António Costa recebeu o envelope fechado, em formato A4, tendo Manuel Domingos Augusto adiantado logo uma explicação para este ato diplomático: “É um sinal das boas relações” entre os dois países, disse.


O teor desta missiva de João Lourenço para António Costa não foi divulgado pelas autoridades angolanas.


Manuel Domingos Augusto foi recebido à entrada para a reunião com António Costa pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, por volta das 12:00.


No final deste encontro, que deverá durar cerca de uma hora, não estão previstas declarações nem do primeiro-ministro português, nem do titular da pasta dos Negócios Estrangeiros de Angola.


António Costa, que esteve em Moçambique entre quarta e sexta-feira da semana passada, deverá realizar uma visita oficial a Angola ainda durante este ano.



PMF // JPS

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Costa recebe carta do Presidente angolano como “sinal das boas relações”

O primeiro-ministro, António Costa, recebeu hoje do ministro das Relações Exteriores de Angola uma carta do Presidente angolano que disse traduzir “um sinal das boas relações”.