Costa aceitou demissão em respeito pelo ministro da Defesa e proteção das Forças Armadas

Costa aceitou demissão em respeito pelo ministro da Defesa e proteção das Forças Armadas

O primeiro-ministro afirma que aceitou hoje a demissão do ministro da Defesa, Azeredo Lopes, em respeito pela sua “dignidade” e “honra” e para a preservação da “importância fundamental” das Forças Armadas.

Numa nota à comunicação social, António Costa refere que o ministro da Defesa lhe apresentou “formalmente o seu pedido de demissão”.

Esse pedido de demissão, refere o líder do executivo, foi apresentado em termos que não podia recusar “em respeito pela sua dignidade, honra e bom nome, e para a preservação da importância fundamental das Forças Armadas como traves-mestras da soberania e identidade nacional no quadro de uma sociedade democrática e moderna”.

“Quero publicamente agradecer ao Professor Doutor José Alberto de Azeredo Lopes a dedicação e empenho com que serviu o país no desempenho das suas funções”, acrescenta o primeiro-ministro.

PMF // ZO

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Costa aceitou demissão em respeito pelo ministro da Defesa e proteção das Forças Armadas

O primeiro-ministro afirma que aceitou hoje a demissão do ministro da Defesa, Azeredo Lopes, em respeito pela sua “dignidade” e “honra” e para a preservação da “importância fundamental” das Forças Armadas.