Corbyn acusa May de fazer parlamento perder tempo ao apresentar mesmo acordo para o 'Brexit'

Corbyn acusa May de fazer parlamento perder tempo ao apresentar mesmo acordo para o ‘Brexit’

O líder do partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, acusou hoje a primeira-ministra de fazer o parlamento perder tempo ao apresentar aos deputados o mesmo acordo para o ‘Brexit’ cuja votação adiou em dezembro.

“A primeira-ministra tem estado imprudentemente a perder tempo, mantendo o país sob a ameaça de ausência de acordo numa tentativa desesperada de chantagear os deputados para votar a favor do seu acordo irremediavelmente impopular”, afirmou na Câmara dos Comuns.

Corbyn referia o facto de Theresa May não ter apresentado quaisquer alterações ao acordo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

Em dezembro, May adiou o voto ao acordo e comprometeu-se a obter “garantias legais e políticas” dos líderes europeus para tentar ultrapassar as objeções relacionadas com a solução de salvaguarda conhecida por «backstop’, criada para evitar o regresso de uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda caso não exista um acordo sobre as relações futuras no final de 2020.

A primeira-ministra argumentou hoje que “as conclusões do Conselho Europeu de Dezembro foram mais longe do que antes, procurando abordar as preocupações” dos deputados e que continua a trabalhar para obter mais garantias e esclarecimentos dos líderes europeus.

“Mas também estamos a olhar para o que mais podemos fazer internamente para salvaguardar os interesses das pessoas e empresas da Irlanda do Norte”, acrescentou, referindo uma série de compromissos apresentados hoje para ao parlamento regional a possibilidade de influenciar a decisão de ativar ou não o mecanismo do ‘backstop’.

Garantiu ainda que, “até ao final de 2020, o parlamento votará a possibilidade de alargar o período de transição ou de ativar o ‘backstop'”.

Confrontada sobre a derrota do governo numa votação parlamentar na terça-feira, quando cerca de 20 deputados conservadores se aliaram à oposição para alterar a lei do orçamento de estado e assim dificultar a possibilidade de um ‘Brexit’ sem acordo, May recusou descartar este cenário.

“A única forma de evitar uma ausência de acordo é votar a favor do acordo”, vincou.

O debate do acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia na Câmara dos Comuns é retomado hoje na Câmara dos Comuns, enquanto que o voto, que estava previsto para 11 de dezembro, foi marcado para 15 de janeiro.

BM // ANP

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Corbyn acusa May de fazer parlamento perder tempo ao apresentar mesmo acordo para o ‘Brexit’

O líder do partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, acusou hoje a primeira-ministra de fazer o parlamento perder tempo ao apresentar aos deputados o mesmo acordo para o ‘Brexit’ cuja votação adiou em dezembro.