Cooperação entre São Tomé e Portugal tem conhecido evolução positiva -- PR português

Cooperação entre São Tomé e Portugal tem conhecido evolução positiva — PR português

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que a cooperação com São Tomé e Príncipe tem conhecido “uma evolução muito positiva” em várias vertentes, mas o desejo “é de ir sempre mais longe”.

“A cooperação tem conhecido uma evolução muito positiva em várias vertentes, económica, financeira, social, militar e política, mas é evidente que o nosso desejo é de sempre ir mais longe, fazendo melhor”, disse Marcelo Rebelo de Sousa que efetua hoje uma visita de algumas horas a São Tomé, de onde parte nas primeiras horas de terça-feira para Luanda.

O chefe de Estado português, que falava aos jornalistas no aeroporto momentos depois da sua chegada, sublinhou que a dinâmica da cooperação entre São Tomé e Lisboa “é uma realidade que não tem a ver sequer com quem é, em cada momento, responsável dos vários órgãos do poder político”.

“Tem a ver com uma fraternidade entre povos”, explicou Marcelo Rebelo de Sousa, referindo que esta sua estadia na capital são-tomense é a terceira nos últimos 12 meses.

“Para ser rigoroso é a terceira. Vim aqui em visita de Estado, depois passei aqui para ir visitar as Forças Nacionais Destacadas na República Centro-Africana, agora é a terceira visita e que sempre faço com muito prazer”, assegurou.

O Presidente português considerou os são-tomenses como “um povo irmão, de um Estado irmão” e garantiu que “terá oportunidade até para programar uma quarta”, deslocação, “mais concretamente ao Príncipe”, por altura da celebração do centenário da comprovação da Teoria da Relatividade de Einstein.

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu o primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus, no hotel onde está hospedado e durante pouco mais de meia hora discutiram a cooperação entre os dois países e, posteriormente, jantou em privado com o Presidente, Evaristo Carvalho.

“A nossa presença aqui é para testemunhar a nossa hospitalidade, os laços históricos que nos unem e dar as boas-vindas ao Presidente da República [Marcelo Rebelo de Sousa]”, disse Jorge Bom Jesus aos jornalistas depois do encontro.

“Quisemos partilhar com ele o sentimento que temos em relação ao povo português e à necessidade que temos em continuar a reforçar os laços de cooperação e de amizade que existem”, acrescentou o primeiro-ministro são-tomense.

O chefe do executivo são-tomense considerou ainda que o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter feito escala em São Tomé na visita de Estado que na terça-feira começa em Angola é “prova” da excelência do relacionamento entre os dois países, para acrescentar: “Mais do que as relações institucionais são as relações entre as pessoas, é extremamente importante”.

Questionado pela Lusa, Jorge Bom Jesus declarou que visitará Portugal este ano.

“Depois do Orçamento, estabeleceremos contactos e, certamente, isso vai acontecer e é bom que aconteça ainda este ano”, referiu o chefe do executivo, apelando ao Presidente português para “funcionar como embaixador de São Tomé e Príncipe para promover o país”.

MYB // SR

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Cooperação entre São Tomé e Portugal tem conhecido evolução positiva — PR português

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que a cooperação com São Tomé e Príncipe tem conhecido “uma evolução muito positiva” em várias vertentes, mas o desejo “é de ir sempre mais longe”.