Congressista lusodescendente perde reeleição na Califórnia após reviravolta nos resultados

O lusodescendente David Valadão foi derrotado por TJ Cox na eleição para a Câmara dos Representantes pelo 21º distrito da Califórnia, perdendo o assento depois de ter sido dado como vencedor na noite eleitoral.

Congressista lusodescendente perde reeleição na Califórnia após reviravolta nos resultados

Congressista lusodescendente perde reeleição na Califórnia após reviravolta nos resultados

O lusodescendente David Valadão foi derrotado por TJ Cox na eleição para a Câmara dos Representantes pelo 21º distrito da Califórnia, perdendo o assento depois de ter sido dado como vencedor na noite eleitoral.

Os últimos resultados divulgados pelo condado de Tulare, um dos quatro que compõem o 21º distrito, confirmaram a vitória do democrata TJ Cox sobre o republicano, com uma diferença de 862 votos.

De acordo com os dados publicados no site do secretário de Estado da Califórnia, Alex Padilla, TJ Cox recebeu 57.239 votos (50,4%) contra os 56.377 votos (49,6%) de David Valadão, uma contabilização final que será certificada a 14 de dezembro.

O congressista lusodescendente venceu em três dos quatro condados que têm porções de território no distrito: em Tulare com 52,7% (mais 205 votos), em Fresno com 50,7% (mais 566 votos) e em Kings com 61,8% (mais 7.159 votos). Perdeu em Kern com 38,8% (menos 8.792 votos).

O desfecho da eleição reduz para dois os congressistas lusoamericanos pela Califórnia: o democrata Jim Costa no 16º distrito e o republicano Devin Nunes pelo 22º distrito.

As sondagens e os números iniciais previam o contrário. David Valadão declarou vitória sobre TJ Cox na noite de 06 de novembro, quando a contagem de votos presenciais das eleições intercalares lhe dava vantagem em 4.400 boletins. Vários meios, incluindo a Associated Press, confirmaram a projeção de reeleição para o congressista lusodescendente.

A reviravolta aconteceu nas semanas que se seguiram às eleições intercalares, quando os condados de Kings, Fresno, Kern e Tulare começaram a contar os boletins de voto que não foram processados na noite eleitoral, incluindo boletins provisionais, voto por correspondência e boletins que as máquinas não conseguiram ler inicialmente.

A vantagem de David Valadão foi diminuindo ao longo do último mês e desfez-se na semana passada, quando TJ Cox passou para a frente da contagem por 436 votos. O candidato democrata declarou vitória antes mesmo da divulgação final dos resultados.

A campanha de David Valadão não fez declarações após a viragem dos resultados e ainda não concedeu publicamente a derrota.

O 21º distrito votou maioritariamente em Hillary Clinton nas eleições presidenciais de 2016, com uma diferença de 16 pontos percentuais, mas voltou a reeleger David Valadão ness ano com uma margem de 13.4 pontos percentuais. O lusodescendente foi inicialmente eleito para o Congresso pelo distrito em 2012.

No comunicado de vitória que emitiu na semana passada, TJ Cox agradeceu a David Valadão “por seis anos de serviço” ao país e às populações do 21º distrito, onde há uma forte presença de comunidades portuguesas.

Nas eleições intercalares de 06 de novembro passado, a também lusodescendente Lori Loureiro Trahan (democrata) venceu as eleições para a Câmara dos Representantes do Congresso norte-americano pelo 3.º distrito do Massachusetts, tornando-se na primeira mulher luso-americana neste cargo.

ARYG // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS