Comissão Nacional do PS trava discussão sobre eleição de deputados em primárias

Comissão Nacional do PS trava discussão sobre eleição de deputados em primárias

A Comissão Nacional do PS rejeitou hoje, por larga maioria, incluir na ordem de trabalhos da reunião uma proposta para discutir a introdução de eleições primárias abertas a simpatizantes no processo de escolhas dos candidatos a deputados.

Esta proposta para a inclusão de um novo ponto de discussão na reunião da Comissão Nacional do PS, o órgão máximo partidário entre congressos, foi apresentada pelo grupo minoritário socialista liderado por Daniel Adrião – grupo que já há duas semanas tinha votado contra o processo de escolha dos candidatos deste partido ao Parlamento Europeu.

Na sua proposta, Daniel Adrião invocou o artigo 68.º dos estatutos do seu partido para que hoje fosse discutido e colocado a votação a obrigatoriedade de o PS realizar eleições primárias abertas a simpatizantes (e não apenas a militantes) no processo de escolha dos seus candidatos a deputados às legislativas de 06 de outubro próximo.

Antevendo a recusa da sua proposta pela larga maioria dos membros que apoia a direção liderada por António Costa, este dirigente da minoria interna dos socialistas fez uma intervenção em que avisou que “a classe política não pode continuar a comportar-se como a orquestra do Titanic, que, enquanto o navio afundava, prosseguia a tocar como se nada fosse”.

“Tenho demasiado respeito por aqueles que foram presos, perseguidos, torturados e que pagaram com a própria vida a defesa da liberdade e da democracia para me auto-censurar e silenciar as minhas opiniões e convicções por mais inconvenientes que elas sejam para quem exerce o poder. Num Estado de Direito, os limites da liberdade de expressão são os limites que a lei estabelece”, disse no discurso que fez na Comissão Nacional do PS.

Daniel Adrião adiantou à agência Lusa que, antes da próxima reunião da Comissão Nacional do PS, vai insistir para que seja introduzida para discussão na ordem de trabalhos a sua proposta para a realização de eleições primárias na escolha dos candidatos socialistas a deputados.

PMF // MSF

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Comissão Nacional do PS trava discussão sobre eleição de deputados em primárias

A Comissão Nacional do PS rejeitou hoje, por larga maioria, incluir na ordem de trabalhos da reunião uma proposta para discutir a introdução de eleições primárias abertas a simpatizantes no processo de escolhas dos candidatos a deputados.