Comércio bilateral com a Colômbia vai atingir 2 MME este ano, diz Nicolás Maduro

Em 29 de agosto, a Venezuela e a Colômbia renovaram formalmente as relações diplomáticas, interrompidas há três anos, com a chegada a Caracas do embaixador colombiano, recebido pelo Presidente venezuelano Nicolás Maduro

Comércio bilateral com a Colômbia vai atingir 2 MME este ano, diz Nicolás Maduro

Comércio bilateral com a Colômbia vai atingir 2 MME este ano, diz Nicolás Maduro

Em 29 de agosto, a Venezuela e a Colômbia renovaram formalmente as relações diplomáticas, interrompidas há três anos, com a chegada a Caracas do embaixador colombiano, recebido pelo Presidente venezuelano Nicolás Maduro

Caracas, 10 set 2022 (Lusa) — O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que, com a reabertura das fronteiras terrestres com a Colômbia, as trocas comerciais entre ambos os países atingirão 2 mil milhões de dólares até ao final de 2022.

“Só com a abertura da fronteira este ano, estima-se que possamos atingir os 2 mil milhões de dólares [praticamente o mesmo em euros] em trocas comerciais entre a Colômbia e a Venezuela”, disse na sexta-feira o presidente, num evento transmitido pela televisão pública.

Maduro disse que este valor pode ser alcançado com os produtos de “alta qualidade” que a Colômbia vai vender e aqueles que a Venezuela, que tem uma “oferta exportável”, vai colocar no mercado colombiano.

“Já não é como antes, as coisas mudaram, como é bom ter boas relações com a Colômbia e poder falar sinceramente, para justificar a gloriosa história que nos viu nascer da espada do libertador Simón Bolívar”, acrescentou o líder venezuelano.

Maduro e o seu homólogo colombiano, Gustavo Petro, anunciaram também na sexta-feira a reabertura das fronteiras terrestres e a retoma dos voos aéreos entre os dois países.

“Alegra-me muito anunciar que a partir de 26 de setembro abriremos conjuntamente as fronteiras entre a Venezuela e a Colômbia. Além disso, retomaremos os voos entre Caracas – Bogotá e Valência – Bogotá. O intercâmbio e a cooperação entre os nossos povos recomeça numa boa base”, anunciou Maduro na sua conta da rede social Twitter.

Numa outra mensagem, Maduro precisou que apontam “a uma aliança económica de respeito e cooperação, com o objetivo de garantir o bem-estar dos dois povos de Bolívar”.

“Que a união Venezuela-Colômbia se fortaleça!”, sublinhou.

O Presidente da Colômbia, Gustavo Petro, anunciou também na mesma rede social que “a 26 de Setembro abriremos a fronteira entre a Colômbia e a Venezuela”.

“Como primeiro passo, retomaremos as ligações aéreas e o transporte de carga entre os nossos países. Confirmamos o compromisso do Governo (colombiano) de restabelecer relações de irmandade”, anunciou Gustavo Petro.

Em 29 de agosto, a Venezuela e a Colômbia renovaram formalmente as relações diplomáticas, interrompidas há três anos, com a chegada a Caracas do embaixador colombiano nomeado pelo novo Presidente, Gustavo Petro, para apresentação de credenciais.

A Venezuela e a Colômbia anunciaram em 11 de agosto a intenção de trocarem embaixadores.

Além da troca de embaixadores, o processo prevê a reabertura completa da fronteira de mais de dois mil quilómetros que separa os dois países, totalmente fechada para veículos desde 2015 e reaberta apenas para pedestres desde o final de 2021.

Em fevereiro de 2019, Nicolás Maduro cortou relações diplomáticas e políticas com a Colômbia, que acusou de apoiar os Estados Unidos num golpe de Estado contra o regime venezuelano.

VQ (FPG) // VQ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS