Comando Metropolitano de Lisboa detém 28 pessoas nas últimas 24 horas

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou a “detenção de 28 pessoas” nas últimas 24 horas, entre as 00h00 e as 23h59 de sexta-feira, das quais seis ocorreram através de mandado de detenção.

Comando Metropolitano de Lisboa detém 28 pessoas nas últimas 24 horas

Comando Metropolitano de Lisboa detém 28 pessoas nas últimas 24 horas

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou a “detenção de 28 pessoas” nas últimas 24 horas, entre as 00h00 e as 23h59 de sexta-feira, das quais seis ocorreram através de mandado de detenção.

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou a “detenção de 28 pessoas” nas últimas 24 horas, entre as 00h00 e as 23h59 de sexta-feira, das quais seis ocorreram através de mandado de detenção.

Ainda que a regra seja ficar em casa no âmbito do confinamento geral devido à pandemia da covid-19, na área de responsabilidade do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP foram registadas, ao longo de todo o dia de sexta-feira, 14 pessoas detidas pelo crime de condução por falta de habilitação legal para o efeito, dois detidos por condução sob o efeito de álcool e três detidos por tráfico de estupefaciente.

Entre as ocorrências registadas está ainda a detenção de outras três pessoas, uma pelo crime de desobediência, uma por posse de arma ilegal e outra pelo crime de violência doméstica, avançou a PSP.

Do total de 28 pessoas detidas na sexta-feira, no âmbito da atividade operacional Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, “através de diversas operações policiais, em toda a sua área de responsabilidade”, apenas seis foram realizadas por cumprimento de “mandado de detenção”.

Além da detenção de cidadãos, no mesmo período, entre as 00h00 e as 23h59 de sexta-feira (22 de janeiro), a PSP apreendeu “uma arma branca; 40.90 doses de cocaína; e 12.28 doses de haxixe”.

Aplicável a todo o território continental, o novo confinamento geral para tentar travar a covid-19, em que a principal regra é ficar em casa, entrou em vigor no dia 15, com vigência até 23h59 de 30 de janeiro, mas ao longo desta semana o Governo avançou, por duas vezes, com o agravamento das medidas, inclusive o encerramento de todos os estabelecimentos de ensino a partir de sexta-feira e até 5 de fevereiro.

No âmbito das medidas restritivas de circulação de pessoas, o Governo determinou o reforço da fiscalização por parte das forças de segurança, inclusive da PSP.

LEIA MAIS
Covid-19: Morreu o apresentador Larry King, aos 87 anos

 

Impala Instagram


RELACIONADOS