China espera que encontro entre Xi e Biden coloque relação bilateral no caminho certo

A China disse esperar que a reunião agendada para hoje entre o Presidente Xi Jinping e o homólogo norte-americano, Joe Biden, antes da cimeira do G20, na Indonésia, coloque as relações bilaterais de “volta aos trilhos”.

China espera que encontro entre Xi e Biden coloque relação bilateral no caminho certo

China espera que encontro entre Xi e Biden coloque relação bilateral no caminho certo

A China disse esperar que a reunião agendada para hoje entre o Presidente Xi Jinping e o homólogo norte-americano, Joe Biden, antes da cimeira do G20, na Indonésia, coloque as relações bilaterais de “volta aos trilhos”.

“Estamos determinados em alcançar o respeito mútuo, a coexistência pacífica e uma cooperação com benefícios mútuos. Ao mesmo tempo, salvaguardaremos firmemente a nossa soberania, segurança e interesses de desenvolvimento”, disse Mao Ning, porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros.

“Esperamos que os Estados Unidos trabalhem em conjunto com a China para administrar adequadamente as nossas diferenças, evitar mal-entendidos e julgamentos equivocados e colocar as relações de volta no caminho certo, visando um desenvolvimento saudável e estável”, acrescentou Mao, em conferência de imprensa.

Xi Jinping chegou a Bali por volta das 15:15, hora local (07:15, em Lisboa), na véspera do início da cimeira do G20, que reúne os líderes dos países mais desenvolvidos e das principais potências emergentes.

Trata-se da sua segunda deslocação ao exterior, desde janeiro de 2020, no início da pandemia da covid-19, após ter visitado o Cazaquistão e o Uzbequistão, em setembro passado.

Joe Biden afirmou que queria reabrir o diálogo com a China e estabelecer linhas de conduta, num período de crescente rivalidade entre Washington e Pequim.

O encontro entre Xi e Biden surge numa altura de tensões renovadas entre China e Estados Unidos, suscitadas pelas divergências em relação à guerra na Ucrânia, a questão de Taiwan e as restrições impostas por Washington à exportação de equipamento para produção de semicondutores para o país asiático.

Biden e Xi partilham um longo relacionamento pessoal: os dois conheceram-se há mais de uma década quando eram vice-presidentes e reuniram-se várias vezes.

O encontro de hoje será, no entanto, a primeira vez que se reúnem de forma presencial na posição de chefes de Estado, embora tenham realizado duas reuniões por vídeo-conferência no ano passado.

JPI // APN

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS