Chega/Congresso: Líder do CDS-PP diz que partido será representado por dirigentes locais

O presidente do CDS-PP indicou hoje que o partido aceitou o convite para estar presente no congresso do Chega, sendo representado por dirigentes locais, e considerou que “o PSD tomará as decisões que bem entender”.

Chega/Congresso: Líder do CDS-PP diz que partido será representado por dirigentes locais

Chega/Congresso: Líder do CDS-PP diz que partido será representado por dirigentes locais

O presidente do CDS-PP indicou hoje que o partido aceitou o convite para estar presente no congresso do Chega, sendo representado por dirigentes locais, e considerou que “o PSD tomará as decisões que bem entender”.

À margem de uma visita à 55ª Capital do Móvel, exposição patente no Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII, em Lisboa, Francisco Rodrigues dos Santos foi questionado sobre a desistência do PSD em estar presente na cerimónia de encerramento do congresso do Chega, por considerar que foram ultrapassados os “limites da decência e bom senso” na forma como os sociais-democratas foram tratados durante os trabalhos.

“O PSD tomará as decisões que bem entender”, afirmou o centrista.

O presidente do CDS-PP indicou também que o seu partido “acedeu ao convite” e “estará presente com uma delegação cujos representantes são membros dos órgãos locais do partido”.

“Como de resto veem eu estou aqui, assim como a minha direção”, salientou na curta resposta, não querendo levantar “nenhum tema” sobre o assunto.

De acordo com fonte centrista, o CDS será representado no congresso do Chega pelo presidente da distrital de Coimbra e vogal da Comissão Política Nacional, Jorge Almeida, e pelo vice-presidente daquele órgão Paulo Barbosa.

O III congresso Nacional do Chega termina hoje em Coimbra, com a eleição dos órgãos nacionais do partido, e o discurso de Matteo Salvini, líder da Liga, partido da extrema-direita de Itália.

FM (NS) // ACL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS