Chega terceiro partido e PS quase na maioria absoluta se eleições fossem hoje

Mesmo em queda, a força partidária de André Ventura passa para terceiro partido em quem mais portugueses votariam se as eleições fossem hoje.

Chega terceiro partido e PS quase na maioria absoluta se eleições fossem hoje

Chega terceiro partido e PS quase na maioria absoluta se eleições fossem hoje

Mesmo em queda, a força partidária de André Ventura passa para terceiro partido em quem mais portugueses votariam se as eleições fossem hoje.

Sondagem da Pitagórica para JN e TSF, dá o PS no limiar de maioria absoluta, com 44,8% das intenções de voto. O partido de António Costa ficaria ainda mais afastado do PSD (24,1%). O dado mais assinalável pertence, no entanto, ao Chega.

Chega em terceiro e PCP morde os calcanhares ao BE

Mesmo em queda, a força partidária de André Ventura passa para terceiro partido em quem mais portugueses votariam se as eleições fossem hoje, com 6,4%. A curta distância, o BE, com 6,1% eleitores a afirmarem votar no partido de Catarina Martins. A CDU melhora ligeiramente e, com 5,8%, Jerónimo de Sousa está a um triz da ‘esquerda caviar’. O PAN está em recuperação, atingindo os 3,3%, o CDS trava a queda, situando-se em 2,8%, e a Iniciativa Liberal rasa os mínimos, com apenas 1,6% das intenções de voto.

LEIA AGORA
Emigrantes portugueses na Suíça na fila para receberem ajuda alimentar

Impala Instagram


RELACIONADOS