CDS-PP: Adofo Mesquita Nunes abandona Conselho Nacional

O antigo vice-presidente do CDS-PP Afolfo Mesquita Nunes abandonou a reunião do Conselho Nacional que votará uma moção de confiança à direção, acusando o presidente da mesa de tomar uma decisão “ilegal e cobarde”.

CDS-PP: Adofo Mesquita Nunes abandona Conselho Nacional

CDS-PP: Adofo Mesquita Nunes abandona Conselho Nacional

O antigo vice-presidente do CDS-PP Afolfo Mesquita Nunes abandonou a reunião do Conselho Nacional que votará uma moção de confiança à direção, acusando o presidente da mesa de tomar uma decisão “ilegal e cobarde”.

O antigo vice-presidente do CDS-PP Afolfo Mesquita Nunes abandonou a reunião do Conselho Nacional que votará uma moção de confiança à direção, acusando o presidente da mesa de tomar uma decisão “ilegal e cobarde”.

O presidente do Conselho Nacional, Filipe Anacoreta Correia, pôs à consideração dos membros a decisão sobre o modo como será votada a moção de confiança à comissão política nacional, apresentada pelo líder do partido.

Adolfo Mesquita Nunes, que propôs a realização de um congresso eletivo antecipado, não concordou com esta decisão e anunciou que iria abandonar a reunião.

O antigo dirigente defendeu que o Conselho Nacional deve acatar o parecer do Conselho Nacional de Jurisdição, emitido na sexta-feira, que estabelece que “a votação de moções de confiança à Comissão Política Nacional deve ser realizada por escrutínio secreto”.

Considerando que a decisão de Anacoreta Correia é “ilegal, é cobarde”, Mesquita Nunes frisou que não queria “participar num Conselho Nacional que viola os estatutos”.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS