Candidato latino Julian Castro desistiu da corrida presidencial nos EUA

Julian Castro, antigo secretário do Presidente Barack Obama e candidato das primárias do Partido Democrata, anunciou hoje a sua desistência na corrida presidencial dos EUA.

Candidato latino Julian Castro desistiu da corrida presidencial nos EUA

Candidato latino Julian Castro desistiu da corrida presidencial nos EUA

Julian Castro, antigo secretário do Presidente Barack Obama e candidato das primárias do Partido Democrata, anunciou hoje a sua desistência na corrida presidencial dos EUA.

A lista de candidatos presidenciais democratas diminuiu hoje para 14, depois de já ter tido cerca de 30 nomes, com o abandono de Julian Castro, de 45 anos, antigo presidente da Câmara de San Antonio, no estado do Texas, e ex-secretário da Habitação da administração de Barack Obama.

Julian Castro tinha fracos índices de popularidade, que o tinham afastado dos mais recentes debates das eleições primárias que irão escolher o candidato democrata que irá procurar derrotar o republicano Donald Trump na corrida à Casa Branca, em novembro deste ano.

“Considerei que, simplesmente, este não é o meu tempo”, disse o candidato de origem latina, numa mensagem de vídeo em que anunciou a sua desistência, mostrando imagens dos 12 meses que passou em campanha.

“Terminei a minha luta”, explicou Julian Castro, que se destacou na campanha do Partido Democrata pelas denúncias de injustiças políticas contra as minorias afro-americanas e latinas nos Estados Unidos.

Castro apresentou-se como um dos herdeiros de Barack Obama na luta contra as desigualdades raciais e apresentou um programa eleitoral recheado de medidas na área da proteção social e no combate à pobreza.

Julian Castro também juntou a sua voz à de uma outra ex-candidata, Kamala Harris, criticando a forma como o partido seleciona os candidatos para os debates televisivos, considerando que o peso dos apoios financeiros distorce o sistema democrático, e queixando-se da forma desigual como os “media” tratam as primárias do seu partido.

“A fórmula dos ‘media’ sobre a elegibilidade dos candidatos deixa de lado as mulheres e os candidatos de cor”, denunciou Julian Castro, em dezembro passado, no dia em que Kamala Harris abandonou a corrida presidencial.

“Ganaremos un dia! (um dia, ganharemos!)”, disse hoje Castro, na mensagem do seu abandono, usando a expressão em língua espanhola que distingue a sua origem latina.

Castro já não tinha sido selecionado para o debate televisivo que decorrerá dentro de duas semanas, no Iowa, onde, em 02 de fevereiro, se realizará a primeira eleição das primárias democratas.

As sondagens indicam que, dos 14 candidatos democratas ainda em jogo, se destacam três nomes: Joe Biden, ex-vice-Presidente de Barack Obama, e os senadores Elizabeth Warren e Bernie Sanders.

RJP // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS