Candidata presidencial critica apelo ao uso de armas no bicentenário do Brasil

Brasília, 07 set 2022 (Lusa) – A candidata às eleições presidenciais de 02 de outubro Simone Tebet criticou um dos filhos do Presidente brasileiro pelo incentivo ao uso de armas numa altura de tensão política que antecede o bicentenário da independência.“Lamento muito que, na antevéspera de 07 Setembro, o presidente da República e seus filhos […]

Candidata presidencial critica apelo ao uso de armas no bicentenário do Brasil

Candidata presidencial critica apelo ao uso de armas no bicentenário do Brasil

Brasília, 07 set 2022 (Lusa) – A candidata às eleições presidenciais de 02 de outubro Simone Tebet criticou um dos filhos do Presidente brasileiro pelo incentivo ao uso de armas numa altura de tensão política que antecede o bicentenário da independência.“Lamento muito que, na antevéspera de 07 Setembro, o presidente da República e seus filhos […]

Brasília, 07 set 2022 (Lusa) – A candidata às eleições presidenciais de 02 de outubro Simone Tebet criticou um dos filhos do Presidente brasileiro pelo incentivo ao uso de armas numa altura de tensão política que antecede o bicentenário da independência.

“Lamento muito que, na antevéspera de 07 Setembro, o presidente da República e seus filhos incitem população a se armar”, afirmou a senadora, após uma reunião com membros da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), em Brasília.

“É lamentável, inacreditável e inadmissível a postagem de um dos filhos do presidente dizendo a seus soldados que peguem em armas”, frisou, acrescentando: “Está dando uma senha para algo que a democracia proíbe e nós repudiamos”.

Estas afirmações surgem na sequência do filho do Presidente brasileiro e deputado federal Eduardo Bolsonaro ter apelado à compra de armas por parte dos apoiantes do Presidente brasileiro.

“Você comprou arma legal? Tem clube de tiro ou frequenta algum? Então você tem que se transformar num voluntário de Bolsonaro. Peça ao seu candidato a deputado federal adesivos e santinhos do presidente. Distribua”, escreveu na rede social Twitter.

A candidata, quarta classificada nas intenções de voto com 5%, mostrou-se confiante de que o clima de tensão que poderá ser provocado pelas manifestações do bicentenário agendadas para hoje não se irá agravar.

Sobre os 200 anos da independência que hoje se celebra no Brasil, a candidata considerou que “o país não é livre, não é independente quando 33 milhões de brasileiros passam fome, não é independente quando exclui as minorias, quando estimula o ódio e a violência contra quem pensa diferente”.

MIM // VQ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS