Brexit: Transporte de mercadorias na fronteira com França regressa a níveis normais

O tráfego de transporte de mercadorias na fronteira entre o Reino Unido e França voltou em fevereiro a níveis semelhantes aos de 2020, afastando receios de longas filas de veículos depois do Brexit, adiantou hoje a BBC.

Brexit: Transporte de mercadorias na fronteira com França regressa a níveis normais

Brexit: Transporte de mercadorias na fronteira com França regressa a níveis normais

O tráfego de transporte de mercadorias na fronteira entre o Reino Unido e França voltou em fevereiro a níveis semelhantes aos de 2020, afastando receios de longas filas de veículos depois do Brexit, adiantou hoje a BBC.

O tráfego de transporte de mercadorias na fronteira entre o Reino Unido e França voltou em fevereiro a níveis semelhantes aos de 2020, afastando receios de longas filas de veículos depois do Brexit, adiantou hoje a BBC.

Segundo dados governamentais analisados pela estação pública de televisão britânica, o tráfego de camiões a partir do condado de Kent, no sul do país, que dá acesso ao Eurotúnel e ao porto de Dover, situou-se este mês a cerca de 98% dos níveis de fevereiro de 2020, enquanto o tráfego proveniente de França está nos 99%.

Ainda que se tenha restabelecido praticamente a normalidade no movimento de mercadorias face à quebra registada em janeiro, os números mostram também que cerca de metade dos camiões que entram no Reino Unido regressam à União Europeia vazios, o que reflete as dificuldades para exportação que sentem alguns setores britânicos.

Segundo a BBC, isto significa que este mês saíram menos entre mil e dois mil camiões carregados por dia de território britânico, o que é explicado não só pelas novas exigências burocráticas, mas também pela pandemia.

Os setores mais afetados pela quebra de exportações são, segundo a BBC, os de bens perecíveis, como agricultura e pesca.

Segundo a BBC, entre 80% a 90% dos transportadores que chegam à fronteira em Kent cumprem os novos requisitos aduaneiros impostos desde 01 de janeiro, mas cerca de 2,5% foi impedido de cruzar a fronteira por não apresentar a documentação correta.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS