Brasil gerou mais de 57 mil novos empregos em outubro

Brasil gerou mais de 57 mil novos empregos em outubro

O Brasil terminou o mês de outubro com a criação de 57.733 contratos de trabalho, o que representa um acréscimo de 0,15%, em relação ao mês anterior, anunciou o Governo brasileiro em comunicado.

As informações pertencem ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado hoje pelo Ministério do Trabalho do Brasil, e corroboradas pelo Presidente do Brasil, Michel Temer, através da sua conta no Twitter.

“Recebi a informação de que criamos mais de 57 mil novas vagas de empregos formais em outubro. No acumulado do ano, são mais de 790 mil, um crescimento de 2,09%. Isso significa que o Brasil está no rumo certo”, escreveu o Presidente brasileiro.

O aumento no número de empregos foi registado em seis dos oito setores económicos do país. O melhor desempenho foi observado no setor do Comércio, com uma expansão de 34.133 postos de trabalho.

O segundo setor a registar um saldo mais expressivo foi o dos Serviços, com a criação de 28.759 empregos, seguindo-se o da Indústria de Transformação, com 7.048 vínculos de trabalho registados.

A Agropecuária foi o setor a apresentar o menor registo de vagas de emprego preenchidas em outubro devido à sazonalidade, justificou o Governo. Neste ano, houve uma antecipação da colheita da cana-de-açúcar, levando o setor a contratar mais pessoas nos meses de agosto e setembro.

O Ministério do Trabalho informou ainda que o salário médio de admissão foi de 1.528,32 reais (cerca de 353 euros) em outubro, o que representa um aumento de 6,89 reais (cerca de 1,60 euros) em relação ao patamar de setembro.

MYMM // PVJ

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Brasil gerou mais de 57 mil novos empregos em outubro

O Brasil terminou o mês de outubro com a criação de 57.733 contratos de trabalho, o que representa um acréscimo de 0,15%, em relação ao mês anterior, anunciou o Governo brasileiro em comunicado.