Borrell pede a Azerbaijão para garantir trânsito no corredor de Lachin

O chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Josep Borrell, pediu hoje ao ministro do Exterior do Azerbaijão, Jeyhun Bayrámov, para manter aberto à circulação e à ajuda humanitária o corredor de Lachin.

Borrell pede a Azerbaijão para garantir trânsito no corredor de Lachin

Borrell pede a Azerbaijão para garantir trânsito no corredor de Lachin

O chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Josep Borrell, pediu hoje ao ministro do Exterior do Azerbaijão, Jeyhun Bayrámov, para manter aberto à circulação e à ajuda humanitária o corredor de Lachin.

“Chamada telefónica construtiva com o ministro do Exterior azeri, Jeyhun Bayrámov”, indicou Borrell numa publicação na sua conta na rede social Twitter.

O político socialista espanhol afirmou ter falado com Bayrámov, titular da diplomacia azeri, sobre a “necessidade de liberdade de circulação e o acesso humanitário através do corredor de Lachin”, a ligação terrestre com Nagorno-Karabach, bloqueado por Baku desde 12 de dezembro.

Borrel acrescentou que falaram da “importância de manter a estabilidade e a presença da UE na região” na sequência do encerramento da missão de observação comunitária EUMCAP, que tinha sido destacada no lado arménio da fronteira entre a Arménia e o Azerbaijão e que completou o seu mandato a 19 de dezembro.

A UE vai avaliar com uma equipa de transição o envio de outra missão de longo prazo.

A EUMCAP foi enviada a 20 de outubro após um acordo entre o Conselho Europeu e dirigentes da Arménia, Azerbaijão e França, com o objetivo de supervisionar, analisar e informar sobre a situação no terreno.

A autoproclamada república de Nagorno-Karabach, situada em território do Azerbaijão, está povoada por arménios étnicos e enfrenta por estes dias uma das maiores escaladas de tensão desde a guerra no outono de 2020.

JFO // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS