Bolsonaro vence primeira volta das presidenciais com 57,6% dos votos no Porto

Bolsonaro vence primeira volta das presidenciais com 57,6% dos votos no Porto

O candidato da extrema-direita às presidenciais brasileiras venceu, na primeira volta, no Porto com 57,6% dos votos, segundo dados divulgados à Lusa por aquele consulado.

Em segundo lugar ficou Ciro Gomes do Partido Democrático Trabalhista (PDT) com 16,8% e Fernando Haddad do Partido Trabalhista (PT) em terceiro, com 12,8% dos votos, revelam os mesmos dados.

Dos 14 343 eleitores brasileiros residentes em Portugal na área do consulado do Brasil no Porto votaram 5 148, o que quer dizer que a abstenção se situou acima dos 65%

Descontando os votos nulos e brancos, houve um total de 4 687 votos válidos dos quais 2 699 foram para Jair Bolsonaro, candidato do Partido Social Liberal (PSL).

Na noite de domingo, a vice-cônsul do Porto, Lígia Verde, já tinha informado, em declarações à Lusa, que aquele o candidato Bolsonaro ganhara com larga maioria naquele região.

Em Faro, Bolsonaro também ganhou segundo dados divulgado pelo representante consular responsável pelo ato eleitoral.

“Quase 60% dos votos, mais concretamente 59,80%, em Faro, foram para o candidato Jair Bolsonaro”, disse à Lusa na noite de domingo o representante diplomático responsável pelo ato eleitoral, salientando que a afluência às urnas foi “fraca”, com apenas 22% dos eleitores inscritos a votarem.

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) venceu as eleições presidenciais brasileiras deste domingo, com 46,7% dos votos, seguido de Fernando Haddad (PT), com 28,37%, quando estão 96% das secções de voto apuradas, confirmando uma segunda volta entre ambos.

Segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral, que começaram a ser divulgados às 19:00 (23:00 em Lisboa), no terceiro lugar da contagem ficou o candidato Ciro Gomes (PDT), com 12,52% dos votos contabilizados.

Os números foram divulgados cerca das 21:00 (01:00 em Lisboa) e como nenhum candidato está já, oficialmente, em condições de atingir a marca de 50% dos votos válidos, haverá uma segunda volta.

A decisão sobre o sucessor de Michel Temer como 38.º Presidente da República Federativa do Brasil fica assim adiada para 28 de outubro, com a eleição a ser disputada entre Jair Bolsonaro, o candidato da extrema-direita brasileira, e Fernando Haddad, que substituiu Lula da Silva na liderança da candidatura do PT (esquerda).

Neste domingo, 147 milhões de brasileiros foram às urnas para escolher um novo Presidente, membros do Parlamento (Câmara dos Deputados e Senado), além de governadores e legisladores regionais em todo o país.

ATR // PJA

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Bolsonaro vence primeira volta das presidenciais com 57,6% dos votos no Porto

O candidato da extrema-direita às presidenciais brasileiras venceu, na primeira volta, no Porto com 57,6% dos votos, segundo dados divulgados à Lusa por aquele consulado.