Bolsonaro receberá pensão por reforma como eleito no Brasil

O Presidente cessante do Brasil, Jair Bolsonaro, derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de outubro, receberá uma pensão por reforma pelos anos que trabalhou como eleito, além da que já recebe como ex-capitão do Exército.

Bolsonaro receberá pensão por reforma como eleito no Brasil

Bolsonaro receberá pensão por reforma como eleito no Brasil

O Presidente cessante do Brasil, Jair Bolsonaro, derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de outubro, receberá uma pensão por reforma pelos anos que trabalhou como eleito, além da que já recebe como ex-capitão do Exército.

A pensão por reforma será paga no âmbito de um documento assinado pelo aliado e presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, em 30 de novembro, que foi publicado em 2 de dezembro, autorizando o pagamento de 30 mil reais (cerca de 5,5 mil euros) por mês.

Segundo o mesmo documento, Bolsonaro terá direito a 32,5% do abono parlamentar. Atualmente, os parlamentares brasileiros ganham cerca de 34 mil reais (6,2 mil euros) por mês.

Após deixar a Presidência brasileira, em 01 de janeiro de 2023, será a primeira vez em mais de 30 anos que Bolsonaro não ocupará um cargo público. Provavelmente continuará a pertencer ao Partido Liberal, mas ainda não está claro em que função.

Como capitão reformado do Exército – foi militar até 1988, quando foi eleito vereador pela cidade do Rio de Janeiro -, Bolsonaro também recebe quase 12 mil reais (2,2 mil euros) – de pensão por reforma por mês.

Bolsonaro terá ainda direito por lei a manter quatro assessores e dois motoristas com carros oficiais pagos pelo Governo brasileiro.

 

CYR // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS