Bolsonaro diz querer realizar um encontro informal com líderes do Mercosul em março

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse hoje que pretende realizar um encontro presencial e informal com os outros presidentes do Mercosul (bloco composto pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) em março, na cidade de Foz do Iguaçu.

Bolsonaro diz querer realizar um encontro informal com líderes do Mercosul em março

Bolsonaro diz querer realizar um encontro informal com líderes do Mercosul em março

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse hoje que pretende realizar um encontro presencial e informal com os outros presidentes do Mercosul (bloco composto pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) em março, na cidade de Foz do Iguaçu.

“Também [foi] tratado com o Presidente do Uruguai, pelo nosso ministro [das Relações Exteriores], Ernesto Araújo, uma possível reunião dos quatro presidentes do Mercosul, possivelmente no final de março”, disse Bolsonaro, ao comentar os temas discutidos com o Presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou, numa reunião realizada hoje em Brasília.

Jair Bolsonaro reforçou que a reunião com os líderes do Mercosul deverá ser presencial, possivelmente em Foz do Iguaçu, cidade brasileira localizada na fronteira com a Argentina e o Paraguai.

“Essa nossa reunião, com os quatro Presidentes, brevemente, também, terá uma parte informal, uma sugestão dele [Luis Lacalle Pou] para que nós possamos ficar mais à vontade para discutir questões internas nossas e do mundo”, explicou o chefe de Estado brasileiro.

Lacalle Pou viajou até Brasília para tratar de temas bilaterais, do Mercosul e questões relacionadas com transportes, energia, segurança e combate ao crime.

Numa breve declaração, o governante uruguaio afirmou que para o seu país “é muito importante falar diretamente” com o Brasil porque há temas que os unem e “temas que são de interesse de todos”.

“Estou indo muito satisfeito, muito contente porque encontramos temas e caminhos que fazem bem para a região e fortalecem tanto o povo brasileiro quanto o uruguaio. Para nós é uma inteira satisfação”, disse Lacalle Pou.

O Uruguai ocupa a presidência temporária do Mercosul desde julho do ano passado.

Ao falar sobre os temas que discutiu com Bolsonaro ligados ao bloco sul-americano, Lacalle Pou evitou polémicas.

“Vamos completar 30 anos desta associação. Como toda a associação, é preciso revê-la e mudá-la e o próximo passo neste mundo moderno é a flexibilização para que cada país possa avançar”, afirmou Pou, referindo-se a um debate dentro do bloco sobre membros firmarem acordos de comércio com outras nações de forma independente, atualmente vedado pelas regras do Mercosul.

Esta foi a primeira viagem de Lacalle Pou ao exterior. O Presidente uruguaio tomou posse em março de 2020, no início da pandemia do novo coronavírus.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS