Bolsonaro diz que venceu a “mentira” das sondagens das eleições no Brasil

Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou que venceu a “mentira” das sondagens que o colocavam apenas com 36% nas intenções de voto e Lula da Silva com a possibilidade de uma vitória na primeira volta.

Bolsonaro diz que venceu a

Bolsonaro diz que venceu a “mentira” das sondagens das eleições no Brasil

Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou que venceu a “mentira” das sondagens que o colocavam apenas com 36% nas intenções de voto e Lula da Silva com a possibilidade de uma vitória na primeira volta.

Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, diz que venceu a “mentira” das sondagens das eleições no Brasil. “Vencemos a mentira hoje” do Datafolha, disse aos jornalistas no Palácio da Alvorada, referindo-se ao instituto de sondagens. “Acho que se desmoralizou de vez os institutos de pesquisa. Datafolha estava a dar 51% a 30% e poucos, a diferença foi de 4%. Então, isso tudo ajuda a levar voto para o outro lado”, sublinhou.

“Temos um segundo turno [volta] pela frente”, frisou, acrescentando que o objetivo passa agora por procurar virar o estado de Minas Gerais, que perdeu por pouco para Lula, e diminuir a desvantagem para o estado da Bahia. O foco agora, disse, passará por mostrar à população que os planos políticos de Lula da Silva “podem ser piores” e transformar o país “numa Venezuela”. “Entendo que há uma vontade de mudar. Mas há certas mudanças que podem virar para o pior. Tentámos mostrar esse outro lado, mas parece que não atingiu a camada mais importante”, refletiu.

Bolsonaro evitou, contudo, falar sobre suspeitas de fraude eleitoral nas urnas eletrónicas, uma acusação insistente do candidato e atual chefe de Estado.

O ex-presidente brasileiro Lula da Silva ganhou as eleições gerais de domingo sem garantir a eleição à primeira volta, mas mostrou-se confiante de que em 30 de outubro ganhará a segunda volta. Com 99,68% das secções eleitorais apuradas, o candidato do Partido dos Trabalhadores, Luís Inácio Lula da Silva, tinha 48,35% dos votos, contra os 43,27% de Jair Bolsonaro.

Em terceiro lugar, mas com apenas 4,17% dos votos, ficou a candidata Simone Tebet, enquanto o candidato Ciro Gomes ficou foi o quarto mais votado, com 3,05%. Soraya Tronicke (0,51% dos votos), Luís Felipe D’Ávila (0,47%), Padre Kelmon (0,07%), Leonardo Péricles (0,05%), Sofia Manzano (0,04%), Vera Lúcia (0,02%) e Eymael (0,01%) foram os restantes candidatos das eleições gerais de domingo. Mais de 156 milhões de eleitores brasileiros foram hoje chamados às secções de voto nas 577.125 urnas eletrónicas espalhadas por 5.570 cidades do país.

Impala Instagram


RELACIONADOS