Bolsa de Wall Street negoceia mista no início da sessão

A bolsa de Wall Street negociava hoje mista no início da sessão, após a União Europeia ter concordado com a necessidade de um novo adiamento do ‘Brexit’, na sequência da discussão do pedido apresentado pelo governo de Boris Johnson.

Bolsa de Wall Street negoceia mista no início da sessão

Bolsa de Wall Street negoceia mista no início da sessão

A bolsa de Wall Street negociava hoje mista no início da sessão, após a União Europeia ter concordado com a necessidade de um novo adiamento do ‘Brexit’, na sequência da discussão do pedido apresentado pelo governo de Boris Johnson.

Pelas 14:47 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones subia 0,24% para 26.870.14 pontos, enquanto o Nasdaq cedia 0,27% para 8.162.95 pontos.

Por sua vez, o índice alargado S&P 500 fixava-se em 3.003,79 pontos, menos 0,22%.

Os 27 Estados-membros da União Europeia concordaram hoje com a necessidade de um novo adiamento do ‘Brexit’ e continuarão a trabalhar durante o fim de semana para fecharem o procedimento escrito que confirme a extensão, revelaram fontes europeias.

O pedido de adiamento da saída do Reino Unido do bloco europeu (‘Brexit’), apresentado pelo governo de Boris Johnson face à impossibilidade de o Acordo de Saída ser ratificado pelo parlamento britânico até à data prevista, de 31 de outubro, foi hoje novamente discutido pelos 27, ao nível dos embaixadores dos Estados-membros junto da União Europeia, em Bruxelas, tendo a reunião sido “construtiva”.

Na reunião, houve “total concordância quanto à necessidade de uma extensão, assim como quanto à necessidade de alcançar uma decisão unânime e consensual entre os 27”, indicaram fontes europeias à Lusa.

Inicialmente previsto para 29 de março passado, o ‘Brexit’ já foi adiado para 31 de outubro, tendo o Reino Unido solicitado uma segunda extensão do Artigo 50.º, face à incapacidade dos britânicos em aprovarem o Acordo de Saída na Câmara dos Comuns.

e de olhos postos na reunião da Reserva Federal norte-americana da próxima semana.

Os investidores aguardam também a reunião da FED que decorrerá na quarta e na quinta-feira, esperando-se que o presidente da instituição, Jerome Powell, anuncie o terceiro corte na taxa de juro diretora do país este ano.

PE (AMG/BM) // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS