Berlim, Varsóvia e Estocolmo expulsam diplomatas russos em medida de represália

A Alemanha, a Polónia e a Suécia anunciaram a expulsão de diplomatas russos em represália por uma medida idêntica decidida na sexta-feira por Moscovo e no âmbito do caso Navalny.

Berlim, Varsóvia e Estocolmo expulsam diplomatas russos em medida de represália

Berlim, Varsóvia e Estocolmo expulsam diplomatas russos em medida de represália

A Alemanha, a Polónia e a Suécia anunciaram a expulsão de diplomatas russos em represália por uma medida idêntica decidida na sexta-feira por Moscovo e no âmbito do caso Navalny.

Berlim, Varsóvia e Estocolmo vão expulsar cada um um diplomata russo em serviço nos respetivos países, anunciaram quase em simultâneo as três capitais.

Na sexta-feira, a Rússia declarou ‘persona non grata’ diplomatas da Alemanha, Polónia e Suécia, acusando-os de participar numa manifestação de apoio ao opositor Alexei Navalny, anúncio que surgiu no dia da visita do chefe da diplomacia europeia. Josep Borrell, a Moscovo.

Os diplomatas foram acusados de terem participado em encontros “ilegais”, em 23 de janeiro, em São Petersburgo e Moscovo, informou no comunicado o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia.

PCR // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS