Autoridades de Nagorno-Karabakh admitem ter perdido controlo de Shushi

As autoridades da autoproclamada república de Nagorno-Karabakh admitiram hoje que a estratégica cidade de Shushi, a segunda mais importante do enclave separatista, está nas mãos das forças do Azerbaijão.

Autoridades de Nagorno-Karabakh admitem ter perdido controlo de Shushi

Autoridades de Nagorno-Karabakh admitem ter perdido controlo de Shushi

As autoridades da autoproclamada república de Nagorno-Karabakh admitiram hoje que a estratégica cidade de Shushi, a segunda mais importante do enclave separatista, está nas mãos das forças do Azerbaijão.

“Infelizmente, a sucessão de fracassos persegue-nos e a cidade de Shushi está totalmente fora do nosso controlo. O inimigo está nas proximidades de Stepanakert e a existência da capital está em perigo”, escreveu Vahram Pogosyan, porta-voz do líder de Karabakh, Araik Aratunián, numa publicação na rede social Facebook.

Shushi — ou Shusha para os azeris — está localizada a apenas 11 quilómetros da cidade de Stepanakert.

No domingo, o Presidente azeri, Ilham Aliev, declarou que as forças do Azerbaijão tomaram controlo da cidade estratégica de Shushi.

“Shusha é nossa, Karabakh é nosso”, disse o chefe de Estado, numa declaração televisiva feita à nação e citada pela Associated Press (AP), utilizando a versão azeri do nome da cidade.

A cidade de Shushi tem um valor militar significativo porque se situa numa região montanhosa cerca de dez quilómetros a sul da capital da região, Stepanakert, e está na estrada principal que liga o Nagorno-Karabakh à Arménia.

A região situa-se dentro dos limites do território do Azerbaijão, mas está sob controlo de forças locais etnicamente arménias, apoiadas pela Arménia, desde 1994.

A última série de combates começou no dia 27 de setembro e deixou centenas de pessoas mortas.

Ilham Aliyev, Presidente do Azerbaijão, já disse que continuará os combates até a Arménia sair do território.

A Turquia, tradicional aliado do Azerbaijão, saudou a tomada de Shushi por parte dos azeris.

“A alegria dos nossos irmãos azeris que libertaram as suas cidades ocupadas e o Karabakh, passo a passo, também é a nossa alegria”, disse o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, num comício na cidade turca de Kocaeli (noroeste).

AXYG (JE) // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS