Autoeuropa tem novo pré-acordo laboral que garante aumento mínimo de 80 euros

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa alcançou um novo pré-acordo laboral com a administração da empresa com um aumento salarial de 5,2% e um mínimo de 80 euros por trabalhador, acrescido de um prémio de assiduidade.

Autoeuropa tem novo pré-acordo laboral que garante aumento mínimo de 80 euros

Autoeuropa tem novo pré-acordo laboral que garante aumento mínimo de 80 euros

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa alcançou um novo pré-acordo laboral com a administração da empresa com um aumento salarial de 5,2% e um mínimo de 80 euros por trabalhador, acrescido de um prémio de assiduidade.

Segundo a CT, o novo pré-acordo laboral mantém o aumento salarial de 5,2%, que já estava previsto no anterior pré-acordo que foi rejeitado, mas com a garantia de um aumento mínimo de 80 euros, que, na prática, deverá ser de 100 euros para a maioria dos trabalhadores, que trabalham por turnos e que vão receber mais 20 euros no subsídio de turno.

De acordo com a CT, o novo pré-acordo, com efeito a partir de 01 de janeiro de 2023, prevê ainda a atribuição de um prémio mensal de assiduidade de 40 euros, que não deixará de ser pago devido a “férias, dias especiais, dias de compensação, ‘down days’ (dias de não produção), licença de casamento, licenças de maternidade/parentalidade e dias de nojo”.

“A CT considera que o acordo agora alcançado é positivo para todos os trabalhadores”, disse à agência Lusa o coordenador da CT, Rogério Nogueira, salientando que, “na prática, o novo pré-acordo prevê um aumento mínimo de 100 euros”.

“Para a grande maioria dos trabalhadores da Autoeuropa, que trabalham por turnos, este montante, de 100 euros, poderá ainda ser acrescido dos 40 euros do prémio mensal de assiduidade”, sublinhou Rogério Nogueira.

O novo pré-acordo alcançado nas negociações entre a CT e a administração da fábrica de automóveis da Volkswagen, em Palmela, no distrito de Setúbal, vai ser votado em referendo a realizar a 15 e 16 de dezembro.

Contactado pela agência Lusa, o SITE Sul, Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul, já fez saber que “vai manter os plenários de três horas em cada turno, que convocou para os dias 13 e 14 de dezembro [terça e quarta-feira]”.

“Convidámos a CT a fazer-se representar nos plenários e a explicar este novo pré-acordo aos trabalhadores”, disse à agência Lusa o sindicalista Eduardo Florindo, do SITE Sul.

“Nós continuamos a pensar que a empresa poderia ir mais além. Não estamos a dizer que se trata de um mau acordo, mas era importante que a CT não se limitasse a fazer o referendo e que se disponibilizasse para explicar este pré-acordo em detalhe a todos os trabalhadores nos plenários convocados pelo SITE Sul”, acrescentou Eduardo Florindo.

O anterior pré-acordo laboral foi rejeitado no passado dia 6 de dezembro pela maioria dos trabalhadores da Autoeuropa, com 2.007 votos contra e 1.826 a favor, num universo de mais de 5.000 trabalhadores, em que só 3.865 exerceram o direito de voto.

 

GR // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS