Autárquicas: Catarina Martins pede que “ninguém fique em casa” em eleições determinantes

A coordenadora do BE pediu hoje para que “ninguém fique em casa” e com o seu voto escolha o futuro das suas autarquias, sublinhando que o poder local “tem uma importância muito grande”.

Autárquicas: Catarina Martins pede que

Autárquicas: Catarina Martins pede que “ninguém fique em casa” em eleições determinantes

A coordenadora do BE pediu hoje para que “ninguém fique em casa” e com o seu voto escolha o futuro das suas autarquias, sublinhando que o poder local “tem uma importância muito grande”.

Vila Nova de Gaia, Porto, 26 set 2021 (Lusa) — A coordenadora do BE, Catarina Martins, pediu hoje para que “ninguém fique em casa” e com o seu voto escolha o futuro das suas autarquias, sublinhando que o poder local “tem uma importância muito grande”.

Sem filas e sem espera, Catarina Martins votou esta manhã pelas 10:10 na Escola Secundária Almeida Garrett, em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, tendo no final, em declarações aos jornalistas, desatacado que está “tudo organizado da melhor forma e com a maior das seguranças” devido à pandemia, para além de haver um horário alargado para a votação.

“O que interessa é que ao longo dia as pessoas não se esqueçam: hoje fazemos escolhas muito determinantes para a forma como a nossa vida coletiva é organizada, o poder local tem uma importância muito grande e é bom que toda a gente possa vir, com o seu voto, ter a sua opinião sobre como deve ser organizada a sua autarquia e isso é o mais importante. Que ninguém fique em casa”, apelou.

As mesas de voto das eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira para a escolha dos dirigentes dos municípios e das freguesias para os próximos quatro anos.

Nos Açores, as urnas abrem e fecham 60 minutos depois das mesas do continente e da Madeira, devido à diferença horária de menos uma hora.

Mais de 9,3 milhões de eleitores (9.323.688 cidadãos inscritos) podem votar nestas eleições autárquicas, segundo os dados do recenseamento disponibilizados pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (MAI).

JF (RCS) // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS