Associação assinala os 45 anos da revolução do 25 de Abril com ciclo de conferências

A Associação 25 de Abril inicia na sexta-feira um ciclo de conferências que visam assinalar os 45 anos da revolução portuguesa de 1974, iniciativa que contará com a presença do primeiro-ministro, António Costa, foi hoje divulgado.

Associação assinala os 45 anos da revolução do 25 de Abril com ciclo de conferências

Associação assinala os 45 anos da revolução do 25 de Abril com ciclo de conferências

A Associação 25 de Abril inicia na sexta-feira um ciclo de conferências que visam assinalar os 45 anos da revolução portuguesa de 1974, iniciativa que contará com a presença do primeiro-ministro, António Costa, foi hoje divulgado.

“25 de Abril, Identidade, Memória e Novas Lutas pelo Futuro”, é o título da conferência que decorrerá na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e que também contará com intervenções do antigo presidente da Assembleia da República Mota Amaral e dos historiadores Pacheco Pereira, Fernando Rosas e Maria Manuela Cruzeiro.

Segundo um comunicado da Associação 25 de Abril, é hoje consensual que a revolução dos cravos, que terminou com quase meio século de ditadura em Portugal, foi “um ato único na história universal, [e que] contribuiu decisivamente para a afirmação de Portugal no conceito das nações”.

A associação justifica a iniciativa afirmando que, passados 45 anos, o objetivo é debater se o 25 de Abril se mantém como “fator de consciencialização e valorização do ser português”.

“Decorridos 45 anos sobre o derrube de uma ditadura de quase meio século — com todas as condições e consequências daí decorrentes — de que identidade nacional podemos falar hoje, num tempo em que regressam, um pouco por todo o mundo, afirmações nacionalistas e identitárias?”, questiona a associação.

As restantes conferências decorrerão em abril e maio.

A segunda sessão deste ciclo de conferências vai realizar-se na sede da Associação 25 de Abril (Lisboa) a 03 de abril e terá como lema “Memória(s) de Abril”.

A 06 de maio decorrerá a última conferência, de novo na Fundação Calouste Gulbenkian, com o tema “Europa, as novas lutas pelo futuro”.

ZO // LIL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS