António Vitorino renuncia a cargos na EDP

António Vitorino renuncia a cargos na EDP

O advogado António Vitorino renunciou ao cargo de presidente da mesa da assembleia-geral da EDP e de membro do Conselho Geral e de Supervisão, anunciou hoje ao mercado a energética.

“A EDP — Energias de Portugal vem informar o mercado e o público em geral de que o Dr. António Manuel de Carvalho Ferreira Vitorino apresentou a sua renúncia ao cargo de presidente da mesa da assembleia geral e, por inerência estatuária, de membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Em 31 de julho, o antigo eurodeputado já havia renunciado ao cargo de vogal no Conselho de Administração do Banco Santander Totta.

Em 29 de junho, António Vitorino foi eleito diretor-geral da Organização Internacional das Migrações (OIM) por aclamação.

O candidato português venceu as três primeiras rondas de votação, tendo passado à quarta com a candidata costa-riquenha, Laura Thompson.

Natural de Lisboa, António Vitorino, 61 anos, desempenhou também funções como deputado socialista, advogado, consultor empresarial, professor e comentador.

PE (VM/PCR) // CSJ

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

António Vitorino renuncia a cargos na EDP

O advogado António Vitorino renunciou ao cargo de presidente da mesa da assembleia-geral da EDP e de membro do Conselho Geral e de Supervisão, anunciou hoje ao mercado a energética.