Angolana Omatapalo ganha empreitada de pavilhão multiusos no valor de 24 ME

O Presidente angolano autorizou a celebração de um contrato de empreitada, por ajuste direto, à Omatapalo para construir um pavilhão multiusos no Cuanza Norte, no valor de 23,8 milhões de dólares (24 milhões de euros), foi hoje anunciado.

Angolana Omatapalo ganha empreitada de pavilhão multiusos no valor de 24 ME

Angolana Omatapalo ganha empreitada de pavilhão multiusos no valor de 24 ME

O Presidente angolano autorizou a celebração de um contrato de empreitada, por ajuste direto, à Omatapalo para construir um pavilhão multiusos no Cuanza Norte, no valor de 23,8 milhões de dólares (24 milhões de euros), foi hoje anunciado.

Trata-se do primeiro procedimento de contratação simplificada autorizado desde que João Lourenço tomou posse, em 15 de setembro, para o seu segundo mandato.

A Omatapalo é um dos grupos empresariais que beneficiou de mais empreitadas, por adjudicação direta ou contratação simplificada, no anterior mandato de João Lourenço, a par da israelita Mitrelli, da angolana Carrinho e da Gemcorp, baseada no Reino Unido, como noticiou o semanário económico Expansão no início deste ano.

O Presidente angolano negou, no entanto, qualquer favorecimento a estas empresas.

O despacho presidencial assinado por João Lourenço justifica a obra com a necessidade de se criarem infraestruturas desportivas adequadas para a promoção da prática desportiva na província do Cuanza Norte, em cumprimento do Programa de Desenvolvimento Nacional.

Além da Omatapalo, vai estar envolvida na obra a construtora de origem libanesa Dar Angola, que terá a seu cargo a fiscalização da empreitada, um contrato no valor de 1,9 milhões de dólares (cerca de dois milhões de euros).

Num outro despacho presidencial, João Lourenço autoriza a despesa para adquirir serviços de consultoria de estudo e elaboração do Plano de Reestruturação do Fundo de Abandono, constituído por recursos financeiros das petrolíferas com vista a desmantelar os campos petrolíferos em fim de vida.

O contrato tem o valor de 1,8 milhões de dólares (1,9 milhões de euros) e será celebrado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG).

 

RCR // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS