Angola recebe 1,8 milhões de euros para reforço da proteção social até 2022

Angola vai receber 1,8 milhões de euros para implementar, até dezembro de 2022, projetos que fortaleçam a gestão das finanças públicas para sustentar o sistema de proteção social, no âmbito de um programa financiado pela União Europeia.

Angola recebe 1,8 milhões de euros para reforço da proteção social até 2022

Angola recebe 1,8 milhões de euros para reforço da proteção social até 2022

Angola vai receber 1,8 milhões de euros para implementar, até dezembro de 2022, projetos que fortaleçam a gestão das finanças públicas para sustentar o sistema de proteção social, no âmbito de um programa financiado pela União Europeia.

O programa, que será implementado pela Organização Internacional do Trabalho e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), vai ser lançado na sexta-feira pela ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, segundo um comunicado conjunto das organizações.

O objetivo é apoiar Angola no reforço do sistema de proteção social através de ações estratégicas que promovam a implementação da Política Nacional de Ação Social, facilitem a capacitação e coordenação entre atores da proteção social e fortaleçam a gestão das finanças públicas para investimentos duradouros e sustentáveis.

O programa da União Europeia, com um montante total de 22,9 milhões de euros abrange oito países, em África, Ásia e América.

Em Angola, a iniciativa envolve os ministérios das Finanças, da Ação Social, Família e Promoção da Mulher e da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social.

A União Europeia e a Unicef apoiam o Governo de Angola desde 2014 através dum programa piloto de proteção social que permitiu lançar o Valor Criança, a primeira iniciativa de transferências sociais monetárias do país.

 

RCR // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS