Angela Merkel defende lugar único europeu na ONU

Angela Merkel defende lugar único europeu na ONU

A chanceler alemã, Angela Merkel, defendeu hoje um lugar único europeu no Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU), mostrando apoio às propostas para a Europa da líder do seu partido.

“Creio que é um conceito muito bom para o futuro”, indicou Angela Merkel, em Berlim, sobre as propostas de reforma da União Europeia (UE) divulgadas no fim de semana pela líder do partido alemão União Democrata-Cristã (CDU), Annegret Kramp- Karrenbauer.

Entre as propostas, que se destinam a responder às ideias para a Europa recentemente apresentadas pelo Presidente da França, Emmanuel Macron, está a criação de um lugar europeu no Conselho de Segurança da ONU.

Angela Merkel salientou que esse lugar deve ter vocação “para reunir as vozes europeias no Conselho de Segurança da ONU” e assim fazer desaparecer o lugar que a França tem disponível para si desde o final da Segunda Guerra Mundial.

“O facto de a França ser cética sobre um lugar europeu na ONU é conhecido”, referiu Merkel em conferência de imprensa com o seu homólogo letão.

Este assunto não é o único potencialmente conflituoso com a França no programa para a Europa da nova líder do CDU.

Annegret Kramp- Karrenbauer pediu que o Parlamento Europeu passe a ter sede apenas em Bruxelas, na Bélgica, deixando também de se reunir em Estrasburgo, na França, como acontece atualmente.

A líder do CDU também se opõe à ideia de um salário mínimo europeu.

Emmanuel Macron propôs a criação de um “escudo social” para os europeus e evocou neste contexto “a mesma remuneração para o mesmo trabalho e um salário mínimo europeu, adaptado a cada país”.

SYSC // ANP

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Angela Merkel defende lugar único europeu na ONU

A chanceler alemã, Angela Merkel, defendeu hoje um lugar único europeu no Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU), mostrando apoio às propostas para a Europa da líder do seu partido.