Afeganistão: Talibãs condenam ataque no aeroporto de Cabul

Os talibãs condenaram o ataque que provocou várias mortes e feridos por duas explosões junto do aeroporto de Cabul, lembrando que o atentado ocorreu numa área controlada pelas forças militares dos EUA.

Afeganistão: Talibãs condenam ataque no aeroporto de Cabul

Afeganistão: Talibãs condenam ataque no aeroporto de Cabul

Os talibãs condenaram o ataque que provocou várias mortes e feridos por duas explosões junto do aeroporto de Cabul, lembrando que o atentado ocorreu numa área controlada pelas forças militares dos EUA.

O porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, disse que o seu grupo “condena veementemente” o ataque no aeroporto de Cabul, “cuja segurança está nas mãos das forças americanas”, e disse que o Emirado Islâmico está a prestar “muita atenção à segurança e proteção do seu povo”.

O porta-voz dos talibãs prometeu ainda que os autores do ataque “serão severamente dissuadidos”.

Um funcionário dos EUA disse hoje que “acredita definitivamente” que o ataque junto ao aeroporto de Cabul foi executado pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI).

A mesma fonte disse que militares dos EUA ficaram feridos no ataque de hoje, que envolveu dois homens-bomba e homens armados.

O EI é mais radical do que os talibãs e tem realizado diversos ataques no Afeganistão, matando numerosos civis, ao longo dos últimos meses.

Numa mensagem na rede social Twitter, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse que se tratou de um ataque com duas explosões junto ao aeroporto de Cabul, confirmando informações de testemunhas que falam em vários mortos e feridos.

Kirby confirmou ainda que algumas das vítimas são norte-americanos, depois de vários meios de comunicação social relatarem cerca de uma dezena de mortes e vários feridos.

Um repórter fotográfico da agência France-Presse relatou a existência de pelo menos cinco mortos e uma dúzia de feridos que foram transferidos para um hospital em Cabul.

O ataque ocorreu em dois pontos distinto, um junto a um hotel da capital afegã e um outro junto a um dos portões do aeroporto de Cabul, onde se aglomeram milhares de afegãos, que procuram fugir do seu país antes do final da ponte aérea para a evacuação do Afeganistão.

O Presidente dos EUA, Joe Biden, já foi informado sobre a explosão e dirigiu-se para a Sala de Crise, segundo uma fonte da Casa Branca.

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, disse hoje estar “muito preocupado” com as notícias relativas ao ataque junto ao aeroporto de Cabul, no Afeganistão, garantindo que a União Europeia (UE) irá acompanhar a situação de perto.

RJP (ANC/EL/PNG) // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS