Afeganistão: Presidente quer ordem assegurada e pode recorrer à força

O Presidente afegão pediu às autoridades que garantam “segurança de todos os cidadãos”, mantendo a lei e ordem em Cabul, após a chegada dos talibãs, e avisou que pode recorrer à força.

Afeganistão: Presidente quer ordem assegurada e pode recorrer à força

Afeganistão: Presidente quer ordem assegurada e pode recorrer à força

O Presidente afegão pediu às autoridades que garantam “segurança de todos os cidadãos”, mantendo a lei e ordem em Cabul, após a chegada dos talibãs, e avisou que pode recorrer à força.

Cabul, 15 ago 2021 (Lusa) — O Presidente afegão, Ashraf Ghani, pediu hoje às autoridades que garantam a “segurança de todos os cidadãos”, mantendo a ordem e a lei em Cabul, após a chegada dos talibãs à capital, e avisou que pode recorrer à força.

“Ordenei às forças de segurança […] que garantam a segurança de todos os nossos cidadãos. É nossa responsabilidade e vamos fazê-lo da melhor maneira possível”, afirmou o chefe de Estado, numa mensagem de vídeo enviada à comunicação social.

Ghani avisou ainda que “quem pensar em criar caos ou iniciar saques será tratado com recurso à força”.

Os talibãs chegaram hoje às portas de Cabul, e o Governo afegão reconheceu que foram feitos “disparos”, embora os insurgentes assegurem que não vão entrar na capital à força e estão a negociar uma transição de poder.

Os rebeldes receberam ordens para permanecerem às portas de Cabul e não entrar na capital afegã, disse hoje um porta-voz, apesar de os insurgentes terem sido já avistados por residentes em subúrbios distantes.

“O Emirado Islâmico ordena a todas as suas forças que esperem às portas de Cabul, que não tentem entrar na cidade”, disse no Twitter Zabihullah Mujahid, um porta-voz dos talibãs.

“Há combatentes talibãs armados na nossa vizinhança, mas não há combates”, disse à AFP um residente de um subúrbio oriental da capital.

Negociadores talibãs dirigiram-se hoje ao Palácio Presidencial para tentar negociar uma transição pacífica de poder.

PE (AL) // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS