Afeganistão: Portugal integra operação da UE e está disponível para receber afegãos

Portugal vai integrar a operação da UE e da NATO para proteger cidadãos no Afeganistão, disse o ministro da Defesa, sublinhando que o Governo acompanha a situação “com grande preocupação”.

Afeganistão: Portugal integra operação da UE e está disponível para receber afegãos

Afeganistão: Portugal integra operação da UE e está disponível para receber afegãos

Portugal vai integrar a operação da UE e da NATO para proteger cidadãos no Afeganistão, disse o ministro da Defesa, sublinhando que o Governo acompanha a situação “com grande preocupação”.

Portugal vai integrar a operação da União Europeia e da NATO para proteger cidadãos no Afeganistão e está disponível para receber afegãos, disse hoje o ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, sublinhando que o Governo acompanha a situação “com grande preocupação”.

“O nosso objetivo imediato é apoiar, criar condições para que possam sair do país em segurança os funcionários que trabalharam com a NATO, com a UE, com as Nações Unidas e nessa matéria Portugal participará evidentemente num esforço coletivo que se está agora a desenhar”, disse o ministro.

João Gomes Cravinho disse também que “neste primeiro momento” o Governo português está “a dar conta às autoridades da UE, da NATO e das Nações Unidas” da sua “disponibilidade para apoiar, para receber afegãos em território português”.

 VEJA AGORA
Afeganistão: Talibãs declaram vitória e fim da guerra
Afeganistão: Talibãs declaram vitória e fim da guerra
O mullah Baradar Akhund, chefe do gabinete político dos rebeldes no Qatar, anunciou o fim da guerra no Afeganistão, com a vitória dos insurgentes, após a fuga no domingo do Presidente Ashraf Ghani e a captura de Cabul (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS