Aeronave da Força Aérea Portuguesa inicia fiscalização em São Tomé e Príncipe

Uma aeronave da Força Aérea Portuguesa realiza até à próxima quinta-feira missões aéreas de fiscalização da Zona Económica Exclusiva (ZEE) de São Tomé e Príncipe no âmbito da cooperação para a segurança marítima no Golfo da Guiné.

Aeronave da Força Aérea Portuguesa inicia fiscalização em São Tomé e Príncipe

Aeronave da Força Aérea Portuguesa inicia fiscalização em São Tomé e Príncipe

Uma aeronave da Força Aérea Portuguesa realiza até à próxima quinta-feira missões aéreas de fiscalização da Zona Económica Exclusiva (ZEE) de São Tomé e Príncipe no âmbito da cooperação para a segurança marítima no Golfo da Guiné.

“O destacamento irá operar a partir do Aeroporto Nuno Xavier, em São Tomé e Príncipe, até dia 21 de julho do corrente ano, sendo que, após essa data, irá passar a operar a partir do Aeroporto Internacional da Praia – Nelson Mandela, em Cabo Verde, até dia 01 de agosto, data em que regressará à Base Aérea número 11, em Beja, Portugal”, indica uma nota da Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe.

Segundo o documento a missão, que integra 37 militares, enquadra-se no âmbito da cooperação bilateral com São Tomé e Príncipe no domínio da fiscalização de espaços marítimos sob soberania ou jurisdição do Estado são-tomense, e também no âmbito do programa ‘Africa Maritime Law Enforcement Partnership’ (AMLEP), contribuindo para a fiscalização da Zona Económica Exclusiva são-tomense.

“Esta missão, com um máximo de 70 horas de voo, das quais 27 serão realizadas em São Tomé e Príncipe, pretende contribuir para o esforço internacional em matéria de segurança marítima no Golfo da Guiné”, indica o comunicado da embaixada portuguesa.

 

JYAF // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS