Administradores da TAP indicados pelo Estado defendem revisão do modelo de atribuição de prémios

Os administradores da TAP designados pela Parpública manifestaram hoje a “absoluta discordância” no pagamento de prémios “a um número de trabalhadores.

Administradores da TAP indicados pelo Estado defendem revisão do modelo de atribuição de prémios

Administradores da TAP indicados pelo Estado defendem revisão do modelo de atribuição de prémios

Os administradores da TAP designados pela Parpública manifestaram hoje a “absoluta discordância” no pagamento de prémios “a um número de trabalhadores.

Lisboa, 07 jun 2019 (Lusa) – Os administradores da TAP SGPS designados pela Parpública manifestaram hoje a “absoluta discordância” no pagamento de prémios “a um número de trabalhadores que não decorrem de obrigações contratuais” e consideram importante “rever e corrigir” o modelo de atribuição.

“Além da absoluta discordância no pagamento de prémios a um número restrito de trabalhadores que não decorrem de obrigações contratuais, os membros do Conselho de Administração da TAP, SGPS indicados pelo Estado consideram importante, tal como referido junto da Comissão Executiva, rever e corrigir o modelo de atribuição de remuneração variável/prémios de desempenho”, refere uma nota dos administradores da TAP SGPS designados pela Parpública enviada à agência Lusa.

Tal deve passar “nomeadamente pelo conhecimento prévio do Conselho de Administração da TAP SGPS S.A. deste tipo de decisões e pela consideração das posições emanadas no Conselho de Administração pelos respetivos membros”, acrescentam.

ALU // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS