Açores vão fazer levantamento de investimentos sustentáveis na agricultura

A Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural dos Açores vai realizar um levantamento “criterioso” para identificar “quais são os investimentos sustentáveis e duradouros” necessários no âmbito do próximo Quadro Comunitário de apoio, foi hoje anunciado.

Açores vão fazer levantamento de investimentos sustentáveis na agricultura

Açores vão fazer levantamento de investimentos sustentáveis na agricultura

A Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural dos Açores vai realizar um levantamento “criterioso” para identificar “quais são os investimentos sustentáveis e duradouros” necessários no âmbito do próximo Quadro Comunitário de apoio, foi hoje anunciado.

A Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural dos Açores vai realizar um levantamento “criterioso” para identificar “quais são os investimentos sustentáveis e duradouros” necessários no âmbito do próximo Quadro Comunitário de apoio, foi hoje anunciado. A informação foi avançada na segunda-feira, em Angra do Heroísmo, na Terceira, pelo secretário regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, António Ventura, durante uma visita à Reserva de Água da Nasce Água.

“No próximo quadro comunitário de apoio, possivelmente teremos uma última oportunidade para investir em termos de abastecimento de água, de eletrificações e de caminhos agrícolas e, nesse sentido, nos próximos anos teremos de fazer uma seleção muito criteriosa para este tipo de investimento”, adiantou o titular da pasta da Agricultura nos Açores.

Citado numa nota divulgada hoje pelo executivo açoriano (PSD/CDS-PP/PPM), António Ventura disse que este ano o Governo “tem adjudicados cerca de 3,5 milhões de euros para o abastecimento de água e eletrificação às explorações”. “O desafio é, nos próximos cinco anos, a partir de 2023, identificarmos em todas as ilhas, desde a produção à administração regional, quais são os investimentos que são sustentáveis e duradouros para termos uma produção regional muito própria”, sublinhou.

António Ventura destacou o “grande esforço” do Instituto Regional de Ordenamento Agrário (IROA) e do executivo para que a região possa ser “progressivamente” autossuficiente “em termos de produção alimentar, quer humana, quer animal”, apesar das atuais dificuldades face ao aumento dos custos de produção.

“A água não pode faltar nas nossas explorações agropecuárias, uma vez que esta contribui para a qualidade dos produtos, além de que também temos como grande desafio uma transição para uma energia verde, sem esquecer a aposta nas acessibilidades, que têm de diminuir os custos de produção”, sublinhou.

Sobre a visita à Reserva de Água da Nasce Água, o secretário regional anunciou que vai ser aberto concurso público para a substituição daquele reservatório, com 250 metros cúbicos, num investimento de 40 mil euros, uma empreitada que “irá beneficiar 120 explorações e uma área de 752 hectares”.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS