25 Abril: BE aponta convergência com PR sobre jovens e os que lutam para mudar o mundo

A coordenadora bloquista, Catarina Martins, assinalou hoje a convergência entre os discursos do 25 de Abril do Presidente da República e do BE em relação “a dois movimentos particulares de jovens ou os que lutam pela transformação do mundo”.

25 Abril: BE aponta convergência com PR sobre jovens e os que lutam para mudar o mundo

25 Abril: BE aponta convergência com PR sobre jovens e os que lutam para mudar o mundo

A coordenadora bloquista, Catarina Martins, assinalou hoje a convergência entre os discursos do 25 de Abril do Presidente da República e do BE em relação “a dois movimentos particulares de jovens ou os que lutam pela transformação do mundo”.

“A sessão do 25 de Abril no parlamento é sempre uma sessão importante na afirmação da democracia, é uma sessão importante de memória, não por um particular apego ao passado, mas porque é preciso conhecer para construir para o futuro”, começou por dizer Catarina Martins aos jornalistas, à saída da cerimónia comemorativa da Revolução dos Cravos, na Assembleia da República, em Lisboa.

A líder bloquista destacou do discurso do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, “a referência a dois movimentos particulares de jovens ou os que lutam pela transformação do mundo e que o Bloco de Esquerda também assinalou no seu discurso”.

“Por um lado, aquilo que temos assistido de uma grande mobilização de jovens pela urgência climática, parece-nos importante e deve obrigar a uma mudança radical de políticas para salvar o planeta. Não há planeta B”, assinalou.

Catarina Martins registou ainda que o Presidente da República, tal como o BE, “achou também importante falar daquilo que tem sido a exigência de afrodescendentes em Portugal contra o racismo”.

“Vivemos num país em que o racismo é ainda presente e essa é uma luta a ter em conta”, apelou.

Além disso, continuou, o BE acrescentou ainda “a luta das mulheres contra a justiça machista e a luta de todos os trabalhadores por direitos que têm marcado também este ano”.

“E é assim que democracia fica mais densa”, enalteceu a líder do BE.

O Presidente da República pediu hoje “mais ambição” para resolver os problemas do país e dos “jovens de 2019”, um programa quase impossível em que é preciso garantir a economia a crescer e o endividamento a diminuir.

JF (NS) // VAM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS