PJ investiga caso de idoso assaltado duas vezes no mesmo mês

Joaquim Casquilho apresentou queixa dos dois assaltos à GNR, mas a investigação está sob o comando da Polícia Judiciária uma vez que foram usadas armas de fogo.

PJ investiga caso de idoso assaltado duas vezes no mesmo mês

PJ investiga caso de idoso assaltado duas vezes no mesmo mês

Joaquim Casquilho apresentou queixa dos dois assaltos à GNR, mas a investigação está sob o comando da Polícia Judiciária uma vez que foram usadas armas de fogo.

Joaquim Casquilho, um idoso de 78 anos, residente em Santa Catarina da Fonte do Bispo , concelho de Tavira, no Algarve, foi assaltado duas vezes no mesmo mês. “Tens de nos dar o dinheiro todo senão matamos-te”, relatou ao Correio da Manhã o idoso. “Na primeira vez, no final do mês passado, bateram-me à porta e entraram. Cinco indivíduos armados e com uma navalha aberta remexeram-me a casa toda em cinco minutos e levaram 900 euros, o dinheiro das minhas poupanças”, afirmou em declarações à mesma publicação.

Idoso foi assaltado duas vezes

Na passada semana, voltou a acontecer. Joaquim estava tranquilamente no terraço da sua habitação quando três indivíduos se aproximaram, exigindo-lhe a carteira quando o deitaram no chão com violência. Levaram 600 euros. A vítima não tem dúvidas de que se tratou do mesmo grupo de assaltantes.

Joaquim Casquilho apresentou queixa dos dois assaltos à GNR, mas a investigação está sob o comando da Polícia Judiciária uma vez que foram usadas armas de fogo.

 

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para terça-feira, 22 de dezembro

 

Impala Instagram


RELACIONADOS