Está protegido? Saiba mais sobre o vírus que atingiu meio mundo

Chamam-lhe Wannacry, e já é considerado pelos especialistas como um dos maiores ciberataques à escala mundial de sempre

Está protegido? Saiba mais sobre o vírus que atingiu meio mundo

Está protegido? Saiba mais sobre o vírus que atingiu meio mundo

Chamam-lhe Wannacry, e já é considerado pelos especialistas como um dos maiores ciberataques à escala mundial de sempre

Não se fala de outra coisa, o malfadado vírus chegou a cerca 150 países, estando Portugal na lista de vítimas. A PT foi umas das empresas afetadas, mas outros nomes se juntaram, alguns deles depois desmentidos.

De nome  Wannacry, a ofensiva é já considerada pelos especialistas como uma dos maiores ciberataques de sempre.

Mas afinal que vírus é este que atingiu meio mundo?

O Wannacry é um Ransomware, um tipo de ataque que recorre a malware, como os cavalos de Tróia, para infetar um sistema informático. Os computadores ficam com os ficheiros bloqueados através de encriptação de dados.

No ecrã das vítimas surge uma notificação a pedir um pagamento em troca do desbloqueio do vírus (ver exemplo em baixo), o numerário é pedido em bitcoins, uma moeda digital, cujo rasto é mais difícil de seguir.

Exemplo de notificação

Qual a origem do vírus?

A complexidade do código do vírus torna difícil a detecção da sua origem. Já foram apontadas várias possibilidades, sendo a mais recente a Coreia do Norte.

Dois investigadores da Google e da Symantec encontraram semelhanças entre o código do vírus e outros programas maliciosos utilizados no passado por um grupo de piratas ligados a Pyongyang.

Como evitar o ataque?

Há várias medidas que nos permitem evitar este tipo de ataque. Uma das principais é não abrir emails suspeitos e evitar visitar sites de origem duvidosa.

Para este vírus específico, os especialistas recomendam que se atualizem sistemas e aplicações porque o Wannacry explora uma falha já corrigida em março pela Microsoft.

Impala Instagram


RELACIONADOS