“Não seja mentirosa!” Pinto da Costa perde a cabeça com jornalista

Jorge Nuno Pinto da Costa envolveu-se numa troca de palavras com uma jornalista da CMTV. O presidente do FCPorto foi o primeiro a ser ouvido em tribunal no âmbito do julgamento da denominada Operação Fénix.

“Não seja mentirosa!” Pinto da Costa perde a cabeça com jornalista

Jorge Nuno Pinto da Costa envolveu-se numa troca de palavras com uma jornalista da CMTV. O presidente do FCPorto foi o primeiro a ser ouvido em tribunal no âmbito do julgamento da denominada Operação Fénix.

“Não seja mentirosa! Não seja mentirosa nem provocadora!”. Aparentemente ao telemóvel, rodeado de medidas de segurança e com frases pouco agradáveis para uma jornalista do canal do grupo Cofina. Foi assim que Pinto da Costa, um dos 54 arguidos do julgamento da Operação Fénix, chegou esta manhã ao tribunal, em Guimarães.

 

O episódio, captado pelas câmaras de televisão que cobriam o arranque deste julgamento, teve tanto de inusitado como de incómodo. Nas imagens, é possível ver o presidente do FCPorto chegar ao local. Ouve-se também a voz de Tânia Laranjo, repórter da CMTV, quie diz que Pinto da Costa a empurrrou.

Ouve-se depois uma gargalhada de Pinto da Costa, seguida de várias frases em tom agressivo: “Não seja mentirosa! Saia de ao pé de mim! Não seja mentirosa, já lhe disse! Não seja mentirosa nem provocadora!”, vai dizendo o presidente dos dragões, enquanto Tânia Laranjo lhe pergunta se vai prestar declarações.

Jorge Nuno Pinto da Costa está acusado de sete crimes de exercício ilícito da atividade de segurança privada, por alegadamente ter contratado serviços de acompanhamento e proteção pessoal a uma empresa que sabia não dispor de alvará para o efeito.

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS