Morreu o cantor cabo-verdiano Jorge Neto. Tinha 55 anos

O cantor cabo-verdiano Jorge Neto tinha sofrido um AVC em dezembro de 2019 e, desde então, encontrava-se em coma profundo.

Morreu o cantor cabo-verdiano Jorge Neto. Tinha 55 anos

O cantor cabo-verdiano Jorge Neto tinha sofrido um AVC em dezembro de 2019 e, desde então, encontrava-se em coma profundo.

O cantor cabo-verdiano Jorge Neto, de 55 anos, morreu hoje, no hospital Egas Moniz, em Lisboa, disse à Lusa fonte da embaixada de Cabo Verde em Lisboa. A mesma fonte adiantou não dispor de momento mais pormenores sobre a morte do cantor e remeteu mais informações para uma nota da embaixada a ser emitida mais tarde.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para sexta-feira, 21 de fevereiro

Jorge Neto estava internado desde 30 de dezembro

O artista cabo-verdiano, que residia em Portugal e fez a carreira na Europa, sobretudo junto das comunidades cabo-verdianas, sofreu um AVC, em casa, no dia 30 de dezembro e, desde então, estava internado, “em coma profundo”, segundo comunicado da embaixada em Lisboa emitido na altura.

Jorge Neto nasceu em São Tomé e Príncipe em 1964, sendo filho de mãe cabo-verdiana. Estudou em Portugal e emigrou depois para a Holanda, país com forte presença da comunidade cabo-verdiana e onde fez sucesso na música, enquanto vocalista da banda Livity.

Depois de 11 anos sem gravar um disco, Jorge Neto lançou em 2016 “Nha Palco”, o seu nono álbum. Ao longo dos mais de 30 anos de carreira, fez sucesso em vários países, junto da comunidade emigrante cabo-verdiana, na Europa, África e América.

LEIA MAIS
Sexualidade | Dicionário do amor ajuda a quebrar preconceitos
Padre julgado por desviar 549 mil euros de duas paróquias

Impala Instagram


RELACIONADOS