Morreu o ator António Alves Vieira aos 30 anos

O ator português António Alves Vieira também era conhecido pelo seu trabalho como ativista e dedicação aos direitos LGBTQI+

Morreu o ator António Alves Vieira aos 30 anos

O ator português António Alves Vieira também era conhecido pelo seu trabalho como ativista e dedicação aos direitos LGBTQI+

O ator António Alves Vieira, de 30 anos, morreu no passado sábado, dia 11 de agosto. Foi o Bloco de Esquerda, partido no qual o artista era militante, que avançou a notícia. António Alves Vieira terá tirado a própria vida.

LEIA MAIS: Vereadora suicida-se após anunciar que tinha sido vítima de violação [vídeo]

«O Bloco de Esquerda expressa o seu profundo pesar à família, amigos, camaradas e a todos os ativistas que cruzaram os seus caminhos com o António», anunciou o partido em comunicado.

José Soeiro, deputado do BE e amigo do ator e ativista, também homenageou o artista nas redes sociais. «O António era luz. Juntava mundos. O António lutava com o coração, com o estômago, com o corpo todo. Tudo nele era intenso e verdadeiro», pode ler-se.

António Alves Vieira foi um dos grandes impulsionadores da Marcha do Orgulho LGBTQI+ do Porto e um incansável defensor dos «direitos laborais dos artistas do espetáculo». Como ator trabalhou em várias companhias de teatro, foi produtor e participou em vários filmes e novelas portuguesas.

«Rosa de Fogo», «Dancing Days» e «A Rapariga da Máquina de Filmar», foram algumas das produções que contaram com a participação do ator.

VEJA AINDA: Bombeiro evita suicídio de mulher num momento incrível [vídeo]

 

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS