Montijo: Pedro Marques diz que novo aeroporto será

Montijo: Pedro Marques diz que novo aeroporto será “seguro e ambientalmente sustentável”

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou hoje que o novo aeroporto do Montijo, no distrito de Setúbal, será “seguro e ambientalmente sustentável”.

“Serão implementadas todas as medidas do Estudo de Impacto Ambiental. Um qualquer aeroporto ou cumpre as regras ambientais ou não existirá. Tudo será executado em conformidade e [serão] implementadas as medidas amplamente estudadas”, afirmou Pedro Marques.

O governante falava na cerimónia de assinatura do acordo de financiamento de expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, que decorreu hoje na Base Aérea n.º 6, no Montijo, onde justificou que era urgente a assinatura deste acordo, mesmo sem ainda ter sido entregue o Estudo de Impacto Ambiental à Agência Portuguesa do Ambiente, uma vez que, assim, “se podem ganhar meses com a expansão do aeroporto Humberto Delgado e meses nos projetos do aeroporto do Montijo”.

A ANA – Aeroportos de Portugal e o Estado assinaram esta tarde o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, que prevê um investimento de 1,15 mil milhões de euros de investimento até 2028.

Este valor inclui a extensão da atual estrutura Humberto Delgado e a transformação da base aérea do Montijo, que recebeu a cerimónia de assinatura, em aeroporto civil.

O início de funcionamento está previsto para 2022.

Para o primeiro ano de funcionamento do novo aeroporto estão previstos sete milhões de passageiros.

DYBS/PL // ROC

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Montijo: Pedro Marques diz que novo aeroporto será “seguro e ambientalmente sustentável”

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou hoje que o novo aeroporto do Montijo, no distrito de Setúbal, será “seguro e ambientalmente sustentável”.