Monitor de ginásio abusa de menina de 13 anos que conheceu no local de trabalho

Polícia Judiciária procura outras vítimas

Monitor de ginásio abusa de menina de 13 anos que conheceu no local de trabalho

Monitor de ginásio abusa de menina de 13 anos que conheceu no local de trabalho

Polícia Judiciária procura outras vítimas

Um homem, de 37 anos, monitor de um ginásio, foi detido por abusos sexuais de uma menina, de 13 anos, que conheceu no seu local de trabalho, em São João da Madeira. De acordo com o Jornal de Notícias, o abusador seduziu a vítima através das redes sociais. O homem foi ontem presente a tribunal onde confessou os factos e se mostrou arrependido, justificando a situação dizendo que foi a menor que o seduziu.

LEIA DEPOIS
Polícia detém criança de 10 anos que liderava grupo criminoso

O arguido, residente da localidade de Arrifana, foi libertado, mas ficou obrigado a apresentar-se num posto das autoridades uma vez por semana. A Polícia Judiciária procura outras vítimas, mesmo o suspeito não tendo antecedentes criminais. O crime aconteceu em São João da Madeira.

Irmã da vítima interrompeu atos sexuais

Segundo a mesma publicação, a menor começou a frequentar o ginásio há poucas semanas e logo nas primeiras vezes foi abordada pelo monitor. Depois de ganhar confiança com a menina, o homem começou a segui-la nas redes sociais e começou a abordá-la com o pretexto de fazer a avaliação física da vítima, conseguindo depois convencê-la a mostrar-se através das câmaras do telemóvel e do computador.

A menor deixou-se convencer e aceitou encontrar-se com o abusador fora do ginásio. Face às investidas, concordou que o encontro acontecesse na casa da sua irmã, em São João da Madeira. O intuito do homem foi sempre manter relações sexuais com a menor, mas a irmã da vítima entrou em casa e viu-o a praticar atos sexuais. Foi, de imediato, denunciar o caso à PJ que avançou com a detenção do homem.

LEIA AINDA
Professora primária encontrada morta em parque de Londres

Impala Instagram


RELACIONADOS