Moçambique/Ataques: Ministério clarifica que foram abatidos dois insurgentes em vez de 12

O Ministério da Defesa de Moçambique esclareceu hoje que foram abatidos dois insurgentes e não 12 em Cabo Delgado, norte do país, durante a ofensiva militar em curso na província.

Moçambique/Ataques: Ministério clarifica que foram abatidos dois insurgentes em vez de 12

Moçambique/Ataques: Ministério clarifica que foram abatidos dois insurgentes em vez de 12

O Ministério da Defesa de Moçambique esclareceu hoje que foram abatidos dois insurgentes e não 12 em Cabo Delgado, norte do país, durante a ofensiva militar em curso na província.

Fonte do ministério clarificou as declarações feitas pelo ministro da Defesa, Cristóvão Chume, num recinto, em Maputo, onde ao mesmo tempo decorriam as celebrações de encerramento de cursos militares, a sua primeira aparição pública após a nomeação para o cargo no dia 11.

De acordo com o Ministério da Defesa, o governante quis indicar que as forças de defesa “entraram em contacto com o inimigo, tendo colocado abaixo dois elementos”, além de outros feridos e de, na sequência, recuperar “algumas armas”.

O governante pediu ainda “paciência” ao país face à situação em Cabo Delgado, referindo que os resultados alcançados no combate demonstram que as forças conjuntas, do Ruanda e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), “estão passo a passo a acompanhar o movimento do inimigo”.

A província de Cabo Delgado é rica em gás natural, mas aterrorizada desde 2017 por rebeldes armados, sendo alguns ataques reclamados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

O conflito já provocou mais de 3.100 mortes, segundo o projeto de registo de conflitos ACLED, e mais de 817 mil deslocados, de acordo com as autoridades moçambicanas.

LFO/LYN // PJA

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS