Moçambique retém 47 malauianos que tentavam entrar ilegalmente na África do Sul

As autoridades moçambicanas retiveram um total de 47 malauianos que tentavam entrar na África do Sul a partir das fronteiras de Moçambique, divulgou hoje o porta-voz do Serviço de Migração de Moçambique na província de Maputo.

Moçambique retém 47 malauianos que tentavam entrar ilegalmente na África do Sul

Moçambique retém 47 malauianos que tentavam entrar ilegalmente na África do Sul

As autoridades moçambicanas retiveram um total de 47 malauianos que tentavam entrar na África do Sul a partir das fronteiras de Moçambique, divulgou hoje o porta-voz do Serviço de Migração de Moçambique na província de Maputo.

O grupo terá entrada em Moçambique a partir do posto fronteiriço de Zobué, no distrito de Moatize, província de Tete, a mais de 1.500 quilómetros de Maputo, local onde foram intercetados pelas autoridades, disse Juca Bata, citado hoje pela Rádio Moçambique.

“Todos eles entraram no país usando os certificados de emergência, o que é legal em Moçambique. Contudo, estão retidos neste momento porque o seu país de destino que é a África do Sul não aceita a entrada de cidadãos estrangeiros com certificado de emergência”, explicou o porta-voz do Serviço de Migração de Moçambique na província de Maputo.

O grupo está retido na 5.ª esquadra da Machava, na província de Maputo, estando em curso os devidos contactos com as autoridades malauianas para que sejam deportados.

Moçambique é ponto de trânsito de milhares de migrantes que anualmente atravessam as fronteiras, alguns para tentar chegar à África do Sul, uma das maiores economias do continente africano.

EYAC // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS